personalvictor ( @personalvictor ) Instagram Profile

personalvictor

personalvictor Educação Física Especialista em Biomecânica e emagrecimento. Consultoria 🎓 email ✉️ [email protected] #teamvictorlima

  • 4.9k posts
  • 262.4k followers
  • 1.8k following
  • Ótimo post do @fischerbruno
Batata doce, o carboidrato "mágico". A galera da maromba realmente adora batatadoce e, por isso, acaba inventando mil formas de saborear essa famosa iguaria do mundo fitness. A grande fama desse tubérculo se deve ao fato dele, supostamente, apresentar um baixo índice glicêmico (IG). Contextualizando: os carboidratos podem ser absorvidos rapidamente ou lentamente, e essa velocidade de absorção está diretamente relacionada com a concentração sanguínea de glicose e, consequentemente, de insulina. De uma forma geral, quanto mais rápido o carboidrato é liberado na corrente sanguínea, maior será o pico de insulina. Isso pode trazer algumas repercussões negativas, especialmente fome precoce e maior chance de acumular gordura. Baseado nesse pressuposto, alguns profissionais recomendam evitar  carboidratos de alto IG (> 70), enquanto os de baixo (<55) e médio (56-69) IG deveriam ser os escolhidos. Ah, Bruno, então a batata doce é o melhor carboidrato do mundo porque tem baixo IG, correto?
⠀
DEPENDE!!!!! Um estudo publicado em 2006 no British Journal of Nutrition, avaliou o impacto que o processamento de alguns alimentos têm no índiceglicêmico. A batata doce foi um dos alimentos escolhido pelos pesquisadores e os resultados demonstraram que a forma de preparo influencia completamente a sua resposta glicêmica. A batata doce cozida apresentou um baixo IG (46), enquanto a frita e assada apresentaram elevado IG, 76 e 94, respectivamente.
⠀
É, colegas, aquela inocente batata doce chips, tão consumida pelas blogueiras do mundo fitness, apresenta o índice glicêmico mais elevado que o açúcar refinado!!!
⠀
ATENÇÃO: não estou falando que não se pode comer batata doce e muito menos que açúcar é melhor que batata! Até porque diversos outros aspectos são muito mais importantes que o índice glicêmico de um alimento. Só acho que vocês não devem sair copiando tudo que vêem por aí nas redes sociais, procurem se informar melhor e, acima de tudo, busquem orientação de um profissional (no caso, um nutricionista).
⠀
Comam comida de verdade, fujam de industrializados, aumentem o consumo de frutas e vegetais... Fazendo isso posso garantir que já estão  50% no caminho
  • Ótimo post do @fischerbruno
    Batata doce, o carboidrato "mágico". A galera da maromba realmente adora batatadoce e, por isso, acaba inventando mil formas de saborear essa famosa iguaria do mundo fitness. A grande fama desse tubérculo se deve ao fato dele, supostamente, apresentar um baixo índice glicêmico (IG). Contextualizando: os carboidratos podem ser absorvidos rapidamente ou lentamente, e essa velocidade de absorção está diretamente relacionada com a concentração sanguínea de glicose e, consequentemente, de insulina. De uma forma geral, quanto mais rápido o carboidrato é liberado na corrente sanguínea, maior será o pico de insulina. Isso pode trazer algumas repercussões negativas, especialmente fome precoce e maior chance de acumular gordura. Baseado nesse pressuposto, alguns profissionais recomendam evitar carboidratos de alto IG (> 70), enquanto os de baixo (<55) e médio (56-69) IG deveriam ser os escolhidos. Ah, Bruno, então a batata doce é o melhor carboidrato do mundo porque tem baixo IG, correto?

    DEPENDE!!!!! Um estudo publicado em 2006 no British Journal of Nutrition, avaliou o impacto que o processamento de alguns alimentos têm no índiceglicêmico. A batata doce foi um dos alimentos escolhido pelos pesquisadores e os resultados demonstraram que a forma de preparo influencia completamente a sua resposta glicêmica. A batata doce cozida apresentou um baixo IG (46), enquanto a frita e assada apresentaram elevado IG, 76 e 94, respectivamente.

    É, colegas, aquela inocente batata doce chips, tão consumida pelas blogueiras do mundo fitness, apresenta o índice glicêmico mais elevado que o açúcar refinado!!!

    ATENÇÃO: não estou falando que não se pode comer batata doce e muito menos que açúcar é melhor que batata! Até porque diversos outros aspectos são muito mais importantes que o índice glicêmico de um alimento. Só acho que vocês não devem sair copiando tudo que vêem por aí nas redes sociais, procurem se informar melhor e, acima de tudo, busquem orientação de um profissional (no caso, um nutricionista).

    Comam comida de verdade, fujam de industrializados, aumentem o consumo de frutas e vegetais... Fazendo isso posso garantir que já estão 50% no caminho
  • 380 12 6 hours ago

Advertisements

  • Do mesmo jeito que é improvável o feito dessa menina, gostaria que vocês refletissem um pouco! Logicamente o marketing dela foi fantástico, o mesmo acontece no mundo fitness! Blogueiras postando seus treinos sem um mínimo de estudo e sem saber nada sobre ativação muscular, com as referências de que foi bom pra ela! Diante de um corpo escultural, vocês acreditam! Propaganda de suplementos e termogênicos prometendo resultados fantásticos em tempo recorde! Vocês acreditam! Indivíduos que ficam horas na academia fazendo mil aparelhos, jurando de pé junto que o treino foi intenso! Vocês acreditam! Indivíduos com voz de pato e que fazem barba pela manhã jurando que seu treino o qual vai todo de encontro com a ciência funciona! Mas o corpo é lindo, e o patrocinador dela é o suplemento da marca x, que ela nem toma! Você vai lá e compra, porque você fielmente acredita! Infelizmente estamos na era onde bumbum na nuca é mais valioso que um doutorado, e um corpo seco e fibrado mais que mestrado! Infelizmente pesquisadores e cientistas, o qual doam a vida para a ciência, muitas vezes não tem tempo nem para a família, logo ter a bunda na nuca ou um bíceps enorme fica em segundo plano, não julgue pela capa, professores não precisam ser atletas e ter 6% de gordura, eles precisam estudar para que você tenha, se for esse seu objetivo! Estamos na era do Google, mas éramos mais inteligentes quando líamos a Barsa! “Sábio é aquele que conhece os limites da própria ignorância.”
(Sócrates) #teamvictorlima
  • Do mesmo jeito que é improvável o feito dessa menina, gostaria que vocês refletissem um pouco! Logicamente o marketing dela foi fantástico, o mesmo acontece no mundo fitness! Blogueiras postando seus treinos sem um mínimo de estudo e sem saber nada sobre ativação muscular, com as referências de que foi bom pra ela! Diante de um corpo escultural, vocês acreditam! Propaganda de suplementos e termogênicos prometendo resultados fantásticos em tempo recorde! Vocês acreditam! Indivíduos que ficam horas na academia fazendo mil aparelhos, jurando de pé junto que o treino foi intenso! Vocês acreditam! Indivíduos com voz de pato e que fazem barba pela manhã jurando que seu treino o qual vai todo de encontro com a ciência funciona! Mas o corpo é lindo, e o patrocinador dela é o suplemento da marca x, que ela nem toma! Você vai lá e compra, porque você fielmente acredita! Infelizmente estamos na era onde bumbum na nuca é mais valioso que um doutorado, e um corpo seco e fibrado mais que mestrado! Infelizmente pesquisadores e cientistas, o qual doam a vida para a ciência, muitas vezes não tem tempo nem para a família, logo ter a bunda na nuca ou um bíceps enorme fica em segundo plano, não julgue pela capa, professores não precisam ser atletas e ter 6% de gordura, eles precisam estudar para que você tenha, se for esse seu objetivo! Estamos na era do Google, mas éramos mais inteligentes quando líamos a Barsa! “Sábio é aquele que conhece os limites da própria ignorância.”
    (Sócrates) #teamvictorlima
  • 1,145 76 16 hours ago
  • Temos que tomar cuidado com as informações deturpadas que achamos na internet. Esta foto é um exemplo, acho que é do mesmo autor do “miolo do peito”. Será que é possível dar ênfase nos músculos da coxa, mudando a posição dos pés na cadeira extensora? Por ser um exercício monoarticular, a cadeira extensora trabalha basicamente sobre os músculos do quadríceps (reto femoral, vasto lateral, vasto medial e vasto intermédio). Porém, o trabalho não é uniforme em todos estes músculos. O vasto lateral é acionado em praticamente todo o movimento de extensão do joelho. Já o vasto medial, atua de maneira intensa, somente nos últimos graus do movimento (isso não quer dizer que ele não participe do movimento, mas sim que ele é mais solicitado nestes graus). Em primeiro lugar vamos deixar bem claro, que cadeira extensora não é, e nunca foi o principal exercício de MMII (membros inferiores), prefira os exercícios multiarticulares (aqueles que trabalham mais de um músculo) agachamento, leg-press, afundos, terra. Voltando a cadeira extensora, um professor que tenha um mínimo de conhecimento de anatomia, sabe que isso é impossível. Segundo os “especialistas” do instagram, é sim possível, a justificativa é a seguinte: Se você apontar os pés para dentro o ênfase é no vasto medial, e para fora, enfatizar o vasto lateral, e reto um total! Se analisarmos origem (onde o músculo se prende) e inserção onde se prende perto do joelho, quando falamos de quadríceps, que são os músculos da coxa, três têm origem no fêmur (Vasto Lateral, Vasto Medial e Vasto Intermédio) eles se unem em um único tendão (tuberosidade da tíbia) ou seja a inserção é a mesma, todos fazem a extensão do joelho, então de que adianta mudar as posição dos pés.Tomem cuidado com essas figurinha pintadas, é igual aquele livro do Frédéric Delavier (Guia dos movimentos da musculação) todo mundo tem aquela jaca, alguém já procurou as referências bibliográficas nele? NÃO TEM! Referências: McGinty e Irrgang. Anatomy and Biomechanics of the knee-Extensor Mechanism. Human Knetics, 2000. ⠀ 
Powers. Rehabilitation of Patellofemoral Joint Disorders: A Critical Review. Journal of Orthopaedic and Spots Physical Therapy, 1998.
  • Temos que tomar cuidado com as informações deturpadas que achamos na internet. Esta foto é um exemplo, acho que é do mesmo autor do “miolo do peito”. Será que é possível dar ênfase nos músculos da coxa, mudando a posição dos pés na cadeira extensora? Por ser um exercício monoarticular, a cadeira extensora trabalha basicamente sobre os músculos do quadríceps (reto femoral, vasto lateral, vasto medial e vasto intermédio). Porém, o trabalho não é uniforme em todos estes músculos. O vasto lateral é acionado em praticamente todo o movimento de extensão do joelho. Já o vasto medial, atua de maneira intensa, somente nos últimos graus do movimento (isso não quer dizer que ele não participe do movimento, mas sim que ele é mais solicitado nestes graus). Em primeiro lugar vamos deixar bem claro, que cadeira extensora não é, e nunca foi o principal exercício de MMII (membros inferiores), prefira os exercícios multiarticulares (aqueles que trabalham mais de um músculo) agachamento, leg-press, afundos, terra. Voltando a cadeira extensora, um professor que tenha um mínimo de conhecimento de anatomia, sabe que isso é impossível. Segundo os “especialistas” do instagram, é sim possível, a justificativa é a seguinte: Se você apontar os pés para dentro o ênfase é no vasto medial, e para fora, enfatizar o vasto lateral, e reto um total! Se analisarmos origem (onde o músculo se prende) e inserção onde se prende perto do joelho, quando falamos de quadríceps, que são os músculos da coxa, três têm origem no fêmur (Vasto Lateral, Vasto Medial e Vasto Intermédio) eles se unem em um único tendão (tuberosidade da tíbia) ou seja a inserção é a mesma, todos fazem a extensão do joelho, então de que adianta mudar as posição dos pés.Tomem cuidado com essas figurinha pintadas, é igual aquele livro do Frédéric Delavier (Guia dos movimentos da musculação) todo mundo tem aquela jaca, alguém já procurou as referências bibliográficas nele? NÃO TEM! Referências: McGinty e Irrgang. Anatomy and Biomechanics of the knee-Extensor Mechanism. Human Knetics, 2000. ⠀
    Powers. Rehabilitation of Patellofemoral Joint Disorders: A Critical Review. Journal of Orthopaedic and Spots Physical Therapy, 1998.
  • 1,074 55 21 hours ago

Advertisements

  • Já é sabido que agachamento é um ótimo exercício para quadríceps e glúteos, dentre outros benefícios. Mas será que é tudo igual? Agachar é um movimento natural que temos que levar até o resto de nossas vidas, porém muitas pessoas possuem limitações. Muitos não conseguem agachar profundo devido a elas. Silva (2017). Bloomquist (2013), verificou ganhos melhores para quem quer mais força no profundo com menos carga. Bryanton 2012 e Caterisano 2002, verificaram apenas maior ativação em quadríceps e glúteo no agachamento profundo. Oshikawa (2018), encontrou em estudo recente, maior ativação dos glúteos no agachamento total, porém sobrecarga maior na lombar. Rhea (2016) em um estudo verificou que atletas que agachavam parcial melhoraram saltos verticais. McCaw (1999), verificou que com os pés afastados o glúteo é mais ativado, corroborando com o estudo de Paoli (2009). Pereira (2010), analisou ativação maior nos adutores agachando com os pés afastados. Marchetti (2016) verificou menor torque no joelho e maior ativação do glúteo no agachamento parcial. Li et al. (1999), verificaram que as maiores forças de translação anterior, lateral e rotação interna da tíbia ocorrem nos ângulos de 30 a 60 graus. Nos estudos de Escamilla et al. (2001), Zheng et al. (1998) e Wilk et al. (1996) as maiores forças compressivas tibiofemorais e patelofemorais ocorriam em 80-90º e diminuíam quando a amplitude aumentava. Caterisano (2002), verificou ganhos no glúteo em agachamentos porfundos e parciais, porém maior no profundo, sendo completo, com nada menos que 35,4% e parcial, a contribuição dele é menos de 20% e no agachamento com as coxas paralelas ao solo chega a 28%. Bryanton (2012), relata que esforço relativo do glúteo no agachamento é maior do que os extensores de joelho e, para melhorar, aponta que esse trabalho aumenta com grandes amplitudes E com cargas altas! Wilk, 1996 e Escamilla, 1998, verificaram que a maior ativação do quadríceps, se dá entre 80 a 90 graus de flexão e permanecendo relativamente constante nos próximos ângulos. Escamilla (2001) verificou maior risco de lesão durante o agachamento profundo no menisco e cartilagens articulares do que propriamente aos ligamentos
  • Já é sabido que agachamento é um ótimo exercício para quadríceps e glúteos, dentre outros benefícios. Mas será que é tudo igual? Agachar é um movimento natural que temos que levar até o resto de nossas vidas, porém muitas pessoas possuem limitações. Muitos não conseguem agachar profundo devido a elas. Silva (2017). Bloomquist (2013), verificou ganhos melhores para quem quer mais força no profundo com menos carga. Bryanton 2012 e Caterisano 2002, verificaram apenas maior ativação em quadríceps e glúteo no agachamento profundo. Oshikawa (2018), encontrou em estudo recente, maior ativação dos glúteos no agachamento total, porém sobrecarga maior na lombar. Rhea (2016) em um estudo verificou que atletas que agachavam parcial melhoraram saltos verticais. McCaw (1999), verificou que com os pés afastados o glúteo é mais ativado, corroborando com o estudo de Paoli (2009). Pereira (2010), analisou ativação maior nos adutores agachando com os pés afastados. Marchetti (2016) verificou menor torque no joelho e maior ativação do glúteo no agachamento parcial. Li et al. (1999), verificaram que as maiores forças de translação anterior, lateral e rotação interna da tíbia ocorrem nos ângulos de 30 a 60 graus. Nos estudos de Escamilla et al. (2001), Zheng et al. (1998) e Wilk et al. (1996) as maiores forças compressivas tibiofemorais e patelofemorais ocorriam em 80-90º e diminuíam quando a amplitude aumentava. Caterisano (2002), verificou ganhos no glúteo em agachamentos porfundos e parciais, porém maior no profundo, sendo completo, com nada menos que 35,4% e parcial, a contribuição dele é menos de 20% e no agachamento com as coxas paralelas ao solo chega a 28%. Bryanton (2012), relata que esforço relativo do glúteo no agachamento é maior do que os extensores de joelho e, para melhorar, aponta que esse trabalho aumenta com grandes amplitudes E com cargas altas! Wilk, 1996 e Escamilla, 1998, verificaram que a maior ativação do quadríceps, se dá entre 80 a 90 graus de flexão e permanecendo relativamente constante nos próximos ângulos. Escamilla (2001) verificou maior risco de lesão durante o agachamento profundo no menisco e cartilagens articulares do que propriamente aos ligamentos
  • 615 28 18 March, 2019
  • Às vezes é preciso usar seu melhor perfume! Senão ele evapora! Usar sua roupa preferida, pois quem sabe ela nem sirva mais ou esteja com bolor, por você ter dó de usar! Gastar um pouco das suas economias e comer em um lugar com que você tanto sonha! Abrir mão de trabalhar um fim de semana para passear com quem você gosta. Arriscar um pouco em algo que você sonha, mas tem medo que não de certo! Pedir desculpas para alguém que você gosta, mas perdeu amizade por uma besteira! Perdoar quem te magoou no passado. Viva o presente! Vire a página e pare de ler a mesma, às vezes é melhor rasgar, você tem uma longa história pela frente! Mas não se esqueça... o tempo passa! E muitos não vivem, apenas sobrevivem... tente viver cada dia da sua vida, como se fosse o último 🙏🏻Bom domingo! #teamvictorlima
  • Às vezes é preciso usar seu melhor perfume! Senão ele evapora! Usar sua roupa preferida, pois quem sabe ela nem sirva mais ou esteja com bolor, por você ter dó de usar! Gastar um pouco das suas economias e comer em um lugar com que você tanto sonha! Abrir mão de trabalhar um fim de semana para passear com quem você gosta. Arriscar um pouco em algo que você sonha, mas tem medo que não de certo! Pedir desculpas para alguém que você gosta, mas perdeu amizade por uma besteira! Perdoar quem te magoou no passado. Viva o presente! Vire a página e pare de ler a mesma, às vezes é melhor rasgar, você tem uma longa história pela frente! Mas não se esqueça... o tempo passa! E muitos não vivem, apenas sobrevivem... tente viver cada dia da sua vida, como se fosse o último 🙏🏻Bom domingo! #teamvictorlima
  • 1,563 68 17 March, 2019

Advertisements

  • Não foi de um dia para outro! Foram 4 anos, e ela mudou a vida! Foi desacreditada, mas eu acreditei, e ela principalmente 🙏. Orgulho ❤️❤️❤️ @karlagpaes “Ainda não sei em qual das imagens me vejo realmente...Um turbilhão de emoções,a montanha russa incontrolável da vida que muitas vezes me levou de uma imagem a outra em um piscar de olhos...
Ninguém fecha os olhos e acorda magra,seja qual o método se use para emagrecer.É preciso muito esforço,disciplina,é preciso mudar hábitos,é preciso uma nova vida!!!
Todas regras que a gente sabe,caminhos que a gente conhece mas nem sempre tem forças para seguir...
Quantas vezes eu caí e levantei,quantas vezes eu chorei,quantas eu sonhei...e quantas  eu desejei com todas as forças do meu coração....
Sonhei com aquele short curto...
Aquele vestido tubinho...o biquíni na praia...
Ahhhh a calça jeans que minhas amigas usavam...como eu sonhei !!!
Uma eterna guerra externa e interna desde quando eu me entendo por gente...mas a vida acontece,ela não para,ela não te espera...e ela não me esperou!
Eu também toquei o fundo do poço,acho que acontece com todo mundo antes de encarar um problema como algo real,eu queria ser daquelas pessoas que perdia a fome com problemas e ansiedade...mas eu não era assim...eu comia,e engordava...e chorava...e caía...e recomeçava...
Até que um dia reconheci meus erros,entendi que não resolveria os problemas da minha vida se eu emagrecesse...que isso era só um dos meus problemas e como tal teria que ser enfrentado...ser resolvido...
E dai anjos de Deus apareceram na minha vida,meu treinador físico @personalvictor  e minha nutróloga @draanalusacangussu que me seguraram pelas mãos como se faz com uma criança nos seus primeiros passos...que tiveram toda a paciência do mundo,e recomeçaram comigo todas as vezes que precisei...a deles não é uma profissão,é uma missão!!!Eles viveram comigo cada derrota e cada vitória,e tenho certeza que estão prontos pra me levantarem,caso eu caísse mais uma vez....
Mas eu jamais teria chegado até aqui sem minha mãe,(tadinha,aquela que chorou comigo todas as vezes que não saí de casa porque a roupa não cabia) continua no ig dela! #teamvictorlima
  • Não foi de um dia para outro! Foram 4 anos, e ela mudou a vida! Foi desacreditada, mas eu acreditei, e ela principalmente 🙏. Orgulho ❤️❤️❤️ @karlagpaes “Ainda não sei em qual das imagens me vejo realmente...Um turbilhão de emoções,a montanha russa incontrolável da vida que muitas vezes me levou de uma imagem a outra em um piscar de olhos...
    Ninguém fecha os olhos e acorda magra,seja qual o método se use para emagrecer.É preciso muito esforço,disciplina,é preciso mudar hábitos,é preciso uma nova vida!!!
    Todas regras que a gente sabe,caminhos que a gente conhece mas nem sempre tem forças para seguir...
    Quantas vezes eu caí e levantei,quantas vezes eu chorei,quantas eu sonhei...e quantas eu desejei com todas as forças do meu coração....
    Sonhei com aquele short curto...
    Aquele vestido tubinho...o biquíni na praia...
    Ahhhh a calça jeans que minhas amigas usavam...como eu sonhei !!!
    Uma eterna guerra externa e interna desde quando eu me entendo por gente...mas a vida acontece,ela não para,ela não te espera...e ela não me esperou!
    Eu também toquei o fundo do poço,acho que acontece com todo mundo antes de encarar um problema como algo real,eu queria ser daquelas pessoas que perdia a fome com problemas e ansiedade...mas eu não era assim...eu comia,e engordava...e chorava...e caía...e recomeçava...
    Até que um dia reconheci meus erros,entendi que não resolveria os problemas da minha vida se eu emagrecesse...que isso era só um dos meus problemas e como tal teria que ser enfrentado...ser resolvido...
    E dai anjos de Deus apareceram na minha vida,meu treinador físico @personalvictor e minha nutróloga @draanalusacangussu que me seguraram pelas mãos como se faz com uma criança nos seus primeiros passos...que tiveram toda a paciência do mundo,e recomeçaram comigo todas as vezes que precisei...a deles não é uma profissão,é uma missão!!!Eles viveram comigo cada derrota e cada vitória,e tenho certeza que estão prontos pra me levantarem,caso eu caísse mais uma vez....
    Mas eu jamais teria chegado até aqui sem minha mãe,(tadinha,aquela que chorou comigo todas as vezes que não saí de casa porque a roupa não cabia) continua no ig dela! #teamvictorlima
  • 1,405 78 16 March, 2019
  • Não sei porquê as mulheres insistem em chamar homem de cachorro! Afinal cachorro é o único ser fiel que corre aos teus braços quando você chega em casa, está sempre ao seu lado e te ama! Então ser chamado de cachorro é elogio? Boa noite, ótimo fim de semana 🐻 #teamvictorlima
  • Não sei porquê as mulheres insistem em chamar homem de cachorro! Afinal cachorro é o único ser fiel que corre aos teus braços quando você chega em casa, está sempre ao seu lado e te ama! Então ser chamado de cachorro é elogio? Boa noite, ótimo fim de semana 🐻 #teamvictorlima
  • 2,043 99 15 March, 2019
  • -Foda-se o padrão de beleza imposto pela sociedade medíocre! Seja VOCÊ! - Jogue até bolas de gude se isso te faz bem, se alguém te falar algo, apenas ignore! - Treine para VOCÊ, e para mais ninguém! - O seu único adversário, é o que você vê no espelho pela manhã! - Paciência é a maior virtude do ser humano, você não engordou da noite para o dia, o inverso é mais demorado e requer dedicação! - Não importa o que te falem, você é dono da sua vida! - Existe somente uma pessoa no mundo que pode mudar tudo, ela é VOCÊ, ENFODERE-SE #teamvictorlima
  • -Foda-se o padrão de beleza imposto pela sociedade medíocre! Seja VOCÊ! - Jogue até bolas de gude se isso te faz bem, se alguém te falar algo, apenas ignore! - Treine para VOCÊ, e para mais ninguém! - O seu único adversário, é o que você vê no espelho pela manhã! - Paciência é a maior virtude do ser humano, você não engordou da noite para o dia, o inverso é mais demorado e requer dedicação! - Não importa o que te falem, você é dono da sua vida! - Existe somente uma pessoa no mundo que pode mudar tudo, ela é VOCÊ, ENFODERE-SE #teamvictorlima
  • 2,394 100 15 March, 2019
  • E aí?! Musculação emagrece?! Não é de hoje que venho dando essa informação, porém muitas pessoas insistem em mofar na esteira, e isso é um grande erro! Toda atividade física vai promover gasto calórico, a musculação tem por característica o desenvolvimento muscular (hipertrofia) e, quanto mais músculos maior o gasto energético mesmo durante o repouso, músculos gastam energia só pelo fato de existirem.... O problema começa quando a balança em vez de baixar começa a subir e isso gera pânico principalmente nas mulheres. Emagrecer significa perder gordura, mas isso não necessariamente acontece baixando o peso da balança... Aliás, você pode até baixar o peso na balança e estar engordando... vamos recordar que massa magra (músculos) ocupam menos espaço no seu corpo que gordura, e são mais pesados. Mas professor eu odeio musculação e prefiro caminhada porque minha vizinha perdeu cinco arrobas caminhando... Perdeu gordura ou peso? A musculação se bem feita pode acabar tendo um gasto calórico total maior, você tem o gasto calórico ali no momento da execução e o gasto calórico pós exercício, onde seu corpo gasta energia para reconstruir e se recuperar dos estímulos dados e quanto maior a intensidade, maior o gasto pós exercício... Preste ATENÇÃO, suor não é emagrecer é desidratar, muitas pessoas não ficam escorrendo durante um treino, e isso é normal. Obviamente para ter um resultado satisfatório, o treino precisa estar coerente mesmo com patologias isso é possível com ajuda de um bom profissional. E NÃO, você não vai EMAGRECER, se fizer musculação, bike, dança, e tudo que possa imaginar se não fizer uma DIETA, e não falo de ser radical e deixar de viver, falo de fazer algo sustentável, uma reeducação alimentar,consequentemente mudança de hábitos e para isso você vai precisar de uma pessoa chamada NUTRICIONISTA, e não da sua amiga que lê as dicas de BOA FORMA, que dá dicas de como emagrecer com chá de orquídeas do mediterrâneo, água do rio Jordão em jejum pela manhã com gratidão, e outras porcarias do momento. Portanto, dieta e treino caminham juntos!!! #teamvictorlima
  • E aí?! Musculação emagrece?! Não é de hoje que venho dando essa informação, porém muitas pessoas insistem em mofar na esteira, e isso é um grande erro! Toda atividade física vai promover gasto calórico, a musculação tem por característica o desenvolvimento muscular (hipertrofia) e, quanto mais músculos maior o gasto energético mesmo durante o repouso, músculos gastam energia só pelo fato de existirem.... O problema começa quando a balança em vez de baixar começa a subir e isso gera pânico principalmente nas mulheres. Emagrecer significa perder gordura, mas isso não necessariamente acontece baixando o peso da balança... Aliás, você pode até baixar o peso na balança e estar engordando... vamos recordar que massa magra (músculos) ocupam menos espaço no seu corpo que gordura, e são mais pesados. Mas professor eu odeio musculação e prefiro caminhada porque minha vizinha perdeu cinco arrobas caminhando... Perdeu gordura ou peso? A musculação se bem feita pode acabar tendo um gasto calórico total maior, você tem o gasto calórico ali no momento da execução e o gasto calórico pós exercício, onde seu corpo gasta energia para reconstruir e se recuperar dos estímulos dados e quanto maior a intensidade, maior o gasto pós exercício... Preste ATENÇÃO, suor não é emagrecer é desidratar, muitas pessoas não ficam escorrendo durante um treino, e isso é normal. Obviamente para ter um resultado satisfatório, o treino precisa estar coerente mesmo com patologias isso é possível com ajuda de um bom profissional. E NÃO, você não vai EMAGRECER, se fizer musculação, bike, dança, e tudo que possa imaginar se não fizer uma DIETA, e não falo de ser radical e deixar de viver, falo de fazer algo sustentável, uma reeducação alimentar,consequentemente mudança de hábitos e para isso você vai precisar de uma pessoa chamada NUTRICIONISTA, e não da sua amiga que lê as dicas de BOA FORMA, que dá dicas de como emagrecer com chá de orquídeas do mediterrâneo, água do rio Jordão em jejum pela manhã com gratidão, e outras porcarias do momento. Portanto, dieta e treino caminham juntos!!! #teamvictorlima
  • 1,156 120 15 March, 2019
  • Será mesmo que cadeira adutora não tem serventia? E o mesmo ainda acaba por ser prejudicial para os joelhos! Como estudo joelho faz muito tempo, posso afirmar que os músculos, adutor magno; adutor longo; adutor curto; envolvidos no trabalho da cadeira adutora tem uma importante missão, estabilização do quadril. Muitas lesões acontecem, por falta de fortalecimento neste músculo. Os músculos dos adutores são muito estimulados em movimentos de flexão e extensão do quadril, exercícios multiarticulares como a leg press, agachamento, lunge (afundos), levantamento terra, recrutam os adutores. Além disso, é muito importante salientar que por características anatômicas, os músculos adutores podem ser rompidos ou estirados com mais facilidade. Isso se deve ao fato de que alguns destes músculos se inserem diretamente no osso do fêmur, não tendo a mesma sustentação do que outros. Para você que adora correr, uma pesquisa da Universidade Calgary, no Canadá, descobriu que é essa parte do corpo a responsável por grande parte das lesões sofridas por corredores. Os achados afirmam que mais de 70% dos corredores são lesionados de alguma forma, que poderia ser evitada com exercícios localizados, para adução. Na pesquisa, 22 dos 24 corredores estudados disseram sentir menos dor após a musculação local no quadril e na coxa. Cadeira adutora promove condropatia? Pelo contrário, de acordo com Ferreira et al (2008); Pinto (2009);Marczyk e Gomes (2006), o reforço na musculatura do quadríceps se torna necessário para uma melhora na articulação do joelho, como exercícios isométricos e isotonicos de fortalecimento visando manter a estabilidade articular e o equilíbrio entre os grupos musculares antagonistas (flexores/extensores, adutores/abdutores). E ainda McCAW e Melrose (1999) e de Paoli (2009). Afirmam que sumo não ativa adutores, isolar ou não esse músculo faz parte da estratégia do seu professor. Eu particularmente uso pouco. Mas isso não quer dizer que seja prejudicial 🙏
Referências nos comentários! #teamvictorlima #biomecanica
  • Será mesmo que cadeira adutora não tem serventia? E o mesmo ainda acaba por ser prejudicial para os joelhos! Como estudo joelho faz muito tempo, posso afirmar que os músculos, adutor magno; adutor longo; adutor curto; envolvidos no trabalho da cadeira adutora tem uma importante missão, estabilização do quadril. Muitas lesões acontecem, por falta de fortalecimento neste músculo. Os músculos dos adutores são muito estimulados em movimentos de flexão e extensão do quadril, exercícios multiarticulares como a leg press, agachamento, lunge (afundos), levantamento terra, recrutam os adutores. Além disso, é muito importante salientar que por características anatômicas, os músculos adutores podem ser rompidos ou estirados com mais facilidade. Isso se deve ao fato de que alguns destes músculos se inserem diretamente no osso do fêmur, não tendo a mesma sustentação do que outros. Para você que adora correr, uma pesquisa da Universidade Calgary, no Canadá, descobriu que é essa parte do corpo a responsável por grande parte das lesões sofridas por corredores. Os achados afirmam que mais de 70% dos corredores são lesionados de alguma forma, que poderia ser evitada com exercícios localizados, para adução. Na pesquisa, 22 dos 24 corredores estudados disseram sentir menos dor após a musculação local no quadril e na coxa. Cadeira adutora promove condropatia? Pelo contrário, de acordo com Ferreira et al (2008); Pinto (2009);Marczyk e Gomes (2006), o reforço na musculatura do quadríceps se torna necessário para uma melhora na articulação do joelho, como exercícios isométricos e isotonicos de fortalecimento visando manter a estabilidade articular e o equilíbrio entre os grupos musculares antagonistas (flexores/extensores, adutores/abdutores). E ainda McCAW e Melrose (1999) e de Paoli (2009). Afirmam que sumo não ativa adutores, isolar ou não esse músculo faz parte da estratégia do seu professor. Eu particularmente uso pouco. Mas isso não quer dizer que seja prejudicial 🙏
    Referências nos comentários! #teamvictorlima #biomecanica
  • 995 67 15 March, 2019