#índios Instagram Photos & Videos

índios - 20.3k posts

Top Posts

Advertisements

  • Homologada há treze anos, a Terra Indígena Raposa Serra do Sol será revista pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL). Com 1,7 milhão de hectares, no norte do Estado de Roraima, a área abriga reservas de minerais - alguns considerados estratégicos, como urânio e nióbio - e tem terras férteis que atraem o agronegócio. (Foto: AFP)
  • Homologada há treze anos, a Terra Indígena Raposa Serra do Sol será revista pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL). Com 1,7 milhão de hectares, no norte do Estado de Roraima, a área abriga reservas de minerais - alguns considerados estratégicos, como urânio e nióbio - e tem terras férteis que atraem o agronegócio. (Foto: AFP)
  • 2,045 287 18 December, 2018

Advertisements

Advertisements

Latest Instagram Posts

Advertisements

Advertisements

  • Esta bela canção de Chitãozinho e Xororó me faz lembrar muito de meu querido e amado protetor e guia espiritual Caboclo Tupinambá da Mata Virgem... Natureza, Espelho de Deus

Eu sou a água dos rios das beiras da terra
A dar de beber as sedentas sementes
Eu sou a nascente, o cerrado e a serra

Eu sou o grito de dor da madeira ferida
A relva, a selva, a seiva da vida
Peão boiadeiro que o laço não erra

Eu sou o doce das frutas, a erva que amarga
O quarto de milha e o mangalarga
As águas revoltas são os prantos meus

Quem envenena meus mares, me queima e desmata
Me sangra sem pena, aos poucos me mata
Não vê que eu sou o espelho de Deus

Eu sou a natureza, indefesa, não me trate assim
Eu sou a águia, a baleia e o angelim
Somos irmãos da terra, pedra, bicho, planta, gente, enfim
Pra que essa vida viva cuida bem de mim

Eu sou o sol das manhãs sobre minhas campinas
O frio das neves, as claras colinas
Os pássaros livres, a sombra que resta

Eu sou o bicho do mato, a flor pantaneira
Eu sou a savana, a serpente, a palmeira
O cheiro do verde que vem da floresta

Sou cavaleiro do mundo, eu sou a boiada
Eu sou o estradeiro e o pó da estrada
Sou crença nos olhos dos homens ateus

Quem me devasta, me fere, me caça, me extingue
Me arranca as raízes não deixa que eu vive
Não pode se ver no espelho de Deus

Eu sou a natureza, indefesa, não me trate assim
Eu sou a águia, a baleia e o angelim
Somos irmãos da terra, pedra, bicho, planta, gente, enfim
Pra que essa vida viva cuida bem de mim

#UmbandaParaTodosSaravá #Mensagem #Mensagens #Índios #PovosIndígenas #Caboclos #Caboclas #Caciques #Pajés #CabocloTupinambá #Tupinambá #Jurema #Oxossi #MãeNatureza #NaturezaEspelhoDeDeus #ChitãozinhoEXororó #Natureza #Xamanismo #TamboresDeAngola #Aruanda #Espiritismo #Espiritualidade #Espiritualismo #UmbandaSagrada #umbandanopeito #SalveDeus #TiaNeiva #ValeDoAmanhecer #PaiSetaBranca #LegiãoDaBoaVontade
  • Esta bela canção de Chitãozinho e Xororó me faz lembrar muito de meu querido e amado protetor e guia espiritual Caboclo Tupinambá da Mata Virgem... Natureza, Espelho de Deus

    Eu sou a água dos rios das beiras da terra
    A dar de beber as sedentas sementes
    Eu sou a nascente, o cerrado e a serra

    Eu sou o grito de dor da madeira ferida
    A relva, a selva, a seiva da vida
    Peão boiadeiro que o laço não erra

    Eu sou o doce das frutas, a erva que amarga
    O quarto de milha e o mangalarga
    As águas revoltas são os prantos meus

    Quem envenena meus mares, me queima e desmata
    Me sangra sem pena, aos poucos me mata
    Não vê que eu sou o espelho de Deus

    Eu sou a natureza, indefesa, não me trate assim
    Eu sou a águia, a baleia e o angelim
    Somos irmãos da terra, pedra, bicho, planta, gente, enfim
    Pra que essa vida viva cuida bem de mim

    Eu sou o sol das manhãs sobre minhas campinas
    O frio das neves, as claras colinas
    Os pássaros livres, a sombra que resta

    Eu sou o bicho do mato, a flor pantaneira
    Eu sou a savana, a serpente, a palmeira
    O cheiro do verde que vem da floresta

    Sou cavaleiro do mundo, eu sou a boiada
    Eu sou o estradeiro e o pó da estrada
    Sou crença nos olhos dos homens ateus

    Quem me devasta, me fere, me caça, me extingue
    Me arranca as raízes não deixa que eu vive
    Não pode se ver no espelho de Deus

    Eu sou a natureza, indefesa, não me trate assim
    Eu sou a águia, a baleia e o angelim
    Somos irmãos da terra, pedra, bicho, planta, gente, enfim
    Pra que essa vida viva cuida bem de mim

    #UmbandaParaTodosSaravá #Mensagem #Mensagens #Índios #PovosIndígenas #Caboclos #Caboclas #Caciques #Pajés #CabocloTupinambá #Tupinambá #Jurema #Oxossi #MãeNatureza #NaturezaEspelhoDeDeus #ChitãozinhoEXororó #Natureza #Xamanismo #TamboresDeAngola #Aruanda #Espiritismo #Espiritualidade #Espiritualismo #UmbandaSagrada #umbandanopeito #SalveDeus #TiaNeiva #ValeDoAmanhecer #PaiSetaBranca #LegiãoDaBoaVontade
  • 35 2 2 hours ago

Advertisements

  • Hoje dia todo com os 280 índios/as das 12 etnias de Alagoas, aprovados/as no vestibular do Clind-Curso de Licenciatura Intercultural Indígena de Alagoas, segunda versão a ser oferecida pela UNEAL, em reuniões na Secretaria dos Direitos Humanos e no Gabinete Civil. 
Presentes: secretários Felipe e Maria, vice reitor, Prof. Ânderson, Coordenador do Clind, Prof. Jairo Campos, presidenta do Fórum Escolar Indígena, Profa. Rosineide, Representante do Cimi, Prof. Zeno, Representante da OAB, advogado Maynami e a advogada Camila, parceira dos índios de AL.

Pauta: repasses dos recursos do Fecoep para início das atividades. Foi apresentada, ainda, a mudança no plano de trabalho do projeto para garantia da política pública.

#povosindígenas #índiosdeAlagoas #índios #lutapelaeducação #direitoàeducação #educaçãoecidadania #índionauniversidade #índionauniversidadepública #respeitoaospovosindígenas
  • Hoje dia todo com os 280 índios/as das 12 etnias de Alagoas, aprovados/as no vestibular do Clind-Curso de Licenciatura Intercultural Indígena de Alagoas, segunda versão a ser oferecida pela UNEAL, em reuniões na Secretaria dos Direitos Humanos e no Gabinete Civil.
    Presentes: secretários Felipe e Maria, vice reitor, Prof. Ânderson, Coordenador do Clind, Prof. Jairo Campos, presidenta do Fórum Escolar Indígena, Profa. Rosineide, Representante do Cimi, Prof. Zeno, Representante da OAB, advogado Maynami e a advogada Camila, parceira dos índios de AL.

    Pauta: repasses dos recursos do Fecoep para início das atividades. Foi apresentada, ainda, a mudança no plano de trabalho do projeto para garantia da política pública.

    #povosindígenas #índiosdeAlagoas #índios #lutapelaeducação #direitoàeducação #educaçãoecidadania #índionauniversidade #índionauniversidadepública #respeitoaospovosindígenas
  • 48 0 14 hours ago
  • Sou o arco, sou a flecha,
Sou todo em metades,
Sou as partes que se mesclam
Nos propósitos e nas vontades.

Sou o arco por primeiro,
Sou a flecha por segundo,
Sou a flecha por primeiro,
Sou o arco por segundo.

Buscai o melhor de mim
E terás o melhor de mim.
Darei o melhor de mim
Onde precisar o mundo. (Autoria  Marina Silva)
Não deixem de seguir o meu canal no youtube está no Bio no instagram 
#weenatikuna #indio #índios #indigenasdobrasil #indigenas #mulheresbrasileiras #amazonense #ticuna #tikuna #selfie
  • Sou o arco, sou a flecha,
    Sou todo em metades,
    Sou as partes que se mesclam
    Nos propósitos e nas vontades.

    Sou o arco por primeiro,
    Sou a flecha por segundo,
    Sou a flecha por primeiro,
    Sou o arco por segundo.

    Buscai o melhor de mim
    E terás o melhor de mim.
    Darei o melhor de mim
    Onde precisar o mundo. (Autoria Marina Silva)
    Não deixem de seguir o meu canal no youtube está no Bio no instagram
    #weenatikuna #indio #índios #indigenasdobrasil #indigenas #mulheresbrasileiras #amazonense #ticuna #tikuna #selfie
  • 861 29 15 hours ago

Advertisements

  • “Regina Duarte lidera o setor pecuarista contra os povos indígenas e participa de comícios contra as demarcações em todo Brasil. No Mato Grosso do Sul, ela é a ‘garota propaganda’ em campanhas contra os indígenas”, relata o blog  União Campo, Cidade e Floresta. O jornalista Leonardo Sakamoto já havia feito a mesma denúncia em seu blog no UOL em maio de 2009.  Reproduzo alguns trechos: *** A atriz global e pecuarista Regina Duarte, em discurso na abertura da 45ª Expoagro, em Dourados (MS), disse que está solidária com os produtores e lideranças rurais quanto à questão de demarcação de terras indígenas e quilombolas no estado. “Confesso que em Dourados voltei a sentir medo”, afirmou a atriz, neste domingo (18), com referência à previsão de criação de novas reservas na região de Dourados. “O direito à propriedade é inalienável”, explicou ela, de forma curta, grossa e maravilhosamente elucidativa o que faz do BRASIL um brasil. Em verdade, ela deve estar sentindo medo desde a campanha presidencial de 2002…

#Índio #Índios #Indígenas #PovosIndígenas #DireitosHumanos #MeioAmbiente #Natureza
  • “Regina Duarte lidera o setor pecuarista contra os povos indígenas e participa de comícios contra as demarcações em todo Brasil. No Mato Grosso do Sul, ela é a ‘garota propaganda’ em campanhas contra os indígenas”, relata o blog União Campo, Cidade e Floresta. O jornalista Leonardo Sakamoto já havia feito a mesma denúncia em seu blog no UOL em maio de 2009. Reproduzo alguns trechos: *** A atriz global e pecuarista Regina Duarte, em discurso na abertura da 45ª Expoagro, em Dourados (MS), disse que está solidária com os produtores e lideranças rurais quanto à questão de demarcação de terras indígenas e quilombolas no estado. “Confesso que em Dourados voltei a sentir medo”, afirmou a atriz, neste domingo (18), com referência à previsão de criação de novas reservas na região de Dourados. “O direito à propriedade é inalienável”, explicou ela, de forma curta, grossa e maravilhosamente elucidativa o que faz do BRASIL um brasil. Em verdade, ela deve estar sentindo medo desde a campanha presidencial de 2002…

    #Índio #Índios #Indígenas #PovosIndígenas #DireitosHumanos #MeioAmbiente #Natureza
  • 6 1 22 hours ago
  • Bom Dia, moçada bruta vou fala um pouco da história da marca  A palavra. TATANKA tem origem nos índios Sioux do norte dos Estados Unidos e significa Búfalo, ou bisão, é considerado por muitas tribos com sendo um símbolo de abundancia pois era a carne do búfalo que alimentava o povo, o couro que fornecia vestuário e abrigo, os ossos e tendões que forneciam ferramentas de sobrevivência.
.
.
Aguardem final do mês novidades em produtos @tatanka_clothes entre , bonés, camisetas femenina e masculina
.
. 
#índios #tatanka #sioux #búfalo #bisão #tribo #cavalos #urso
  • Bom Dia, moçada bruta vou fala um pouco da história da marca A palavra. TATANKA tem origem nos índios Sioux do norte dos Estados Unidos e significa Búfalo, ou bisão, é considerado por muitas tribos com sendo um símbolo de abundancia pois era a carne do búfalo que alimentava o povo, o couro que fornecia vestuário e abrigo, os ossos e tendões que forneciam ferramentas de sobrevivência.
    .
    .
    Aguardem final do mês novidades em produtos @tatanka_clothes entre , bonés, camisetas femenina e masculina
    .
    .
    #índios #tatanka #sioux #búfalo #bisão #tribo #cavalos #urso
  • 34 0 23 hours ago
  • Escultura de onça esculpida na madeira pela Aldeia Aweti, da tribo Mehinako, localizada no Alto Xingu. O banco é mais do que um objeto, preserva uma dimensão simbólica de costumes e mitos da aldeia que a fabricou, assim como expressar a individualidade e potencial criativo de seus autores. 
Veja mais detalhes desta linda obra de arte: galeria.silvanatinelli.com.br/onca-aldeia-aweti-da-tribo-mehinako
  • Escultura de onça esculpida na madeira pela Aldeia Aweti, da tribo Mehinako, localizada no Alto Xingu. O banco é mais do que um objeto, preserva uma dimensão simbólica de costumes e mitos da aldeia que a fabricou, assim como expressar a individualidade e potencial criativo de seus autores.
    Veja mais detalhes desta linda obra de arte: galeria.silvanatinelli.com.br/onca-aldeia-aweti-da-tribo-mehinako
  • 19 2 23 hours ago

Advertisements

  • "Nos tempos de tribo, em que toda tecnologia que tínhamos era o arco, a flecha, o machado de pedra e alguns outros utensílios, e que nossas maiores aflições eram como garantir o alimento caçado do dia para nutrir a tribo e vez por outra defendê-la de rivais territoriais.

Preocupávamos acima de tudo com a nossa continuidade, com o legado que deixaríamos aos nossos descendentes e que não era terra, ou qualquer materialidade, até porque nada nos pertencia, tudo era da natureza, dela extraíamos o sustento, o abrigo, o ensinamento. A natureza ensina…

Ensina que não há árvore sem raiz, que os pássaros não cantam quando aprisionados, que a água sempre vence os obstáculos devidos sua essência maleável. Que o ar é invisível, para que ao menos ele, não queiramos deter.

Ensina que os ventos sopram a continuidade dos ciclos, transportando sementes e microorganismos de um lado ao outro para que tudo flua naturalmente, e ensina que tudo tem seu tempo, não há tempestade que não cesse e que não há calmaria eterna, o primeiro sacode e revolve as estruturas “acomodadas” e inférteis para que o segundo encontre novas possibilidades de superação e continuidade da vida.

No entanto, aprendemos isso sobre a natureza porque nossos antecessores nos ensinaram ler a natureza. Lê-se a natureza observando em silêncio.

Hábito cada vez mais distante dos filhos encarnados neste período da Terra. O tempo que sempre foi o “Deus da Razão”, agora é caro e acusado por faltar aos filhos da Terra.

Então, diante dos conflitos, as tormentas e enfrentamentos, vocês, filhos da Terra, continuam num processo obsessivo em busca de facilitações, de encurtamento do trajeto, de se possível enganar a natureza. Buscam-se respostas e responsabilidades fora, no outro, nas coisas, no mundo e quase sempre se isenta diante os fatos." Caboclo Tupinambá

#UmbandaParaTodosSaravá #Mensagem #Mensagens #Índios #PovosIndígenas #Caboclos #Caboclas #Caciques #Pajés #CabocloTupinambá #Tupinambá #Jurema #Oxossi #Xamanismo #caboclajurema #TamboresDeAngola #Aruanda #Espiritismo #Espiritualidade #Espiritualismo #sarava #UmbandaSagrada #umbandanopeito #umbanda #caboclotupinamba #filhosdamagiaoficial
  • "Nos tempos de tribo, em que toda tecnologia que tínhamos era o arco, a flecha, o machado de pedra e alguns outros utensílios, e que nossas maiores aflições eram como garantir o alimento caçado do dia para nutrir a tribo e vez por outra defendê-la de rivais territoriais.

    Preocupávamos acima de tudo com a nossa continuidade, com o legado que deixaríamos aos nossos descendentes e que não era terra, ou qualquer materialidade, até porque nada nos pertencia, tudo era da natureza, dela extraíamos o sustento, o abrigo, o ensinamento. A natureza ensina…

    Ensina que não há árvore sem raiz, que os pássaros não cantam quando aprisionados, que a água sempre vence os obstáculos devidos sua essência maleável. Que o ar é invisível, para que ao menos ele, não queiramos deter.

    Ensina que os ventos sopram a continuidade dos ciclos, transportando sementes e microorganismos de um lado ao outro para que tudo flua naturalmente, e ensina que tudo tem seu tempo, não há tempestade que não cesse e que não há calmaria eterna, o primeiro sacode e revolve as estruturas “acomodadas” e inférteis para que o segundo encontre novas possibilidades de superação e continuidade da vida.

    No entanto, aprendemos isso sobre a natureza porque nossos antecessores nos ensinaram ler a natureza. Lê-se a natureza observando em silêncio.

    Hábito cada vez mais distante dos filhos encarnados neste período da Terra. O tempo que sempre foi o “Deus da Razão”, agora é caro e acusado por faltar aos filhos da Terra.

    Então, diante dos conflitos, as tormentas e enfrentamentos, vocês, filhos da Terra, continuam num processo obsessivo em busca de facilitações, de encurtamento do trajeto, de se possível enganar a natureza. Buscam-se respostas e responsabilidades fora, no outro, nas coisas, no mundo e quase sempre se isenta diante os fatos." Caboclo Tupinambá

    #UmbandaParaTodosSaravá #Mensagem #Mensagens #Índios #PovosIndígenas #Caboclos #Caboclas #Caciques #Pajés #CabocloTupinambá #Tupinambá #Jurema #Oxossi #Xamanismo #caboclajurema #TamboresDeAngola #Aruanda #Espiritismo #Espiritualidade #Espiritualismo #sarava #UmbandaSagrada #umbandanopeito #umbanda #caboclotupinamba #filhosdamagiaoficial
  • 153 2 21 March, 2019
  • Hoje tivemos o primeiro encontro de estudo do NEABI deste ano. A temática indígena foi abordada, tendo como fio condutor texto de autoria de Daniel Munduruku. Dia 03/04, 18 h, será o próximo encontro.

#neabi 
#ifma 
#ifmaalcântara 
#somostodosnós
#índios
#negros
  • Hoje tivemos o primeiro encontro de estudo do NEABI deste ano. A temática indígena foi abordada, tendo como fio condutor texto de autoria de Daniel Munduruku. Dia 03/04, 18 h, será o próximo encontro.

    #neabi
    #ifma
    #ifmaalcântara
    #somostodosnós
    #índios
    #negros
  • 64 0 21 March, 2019
  • Aos pouquinhos vou compartilhando as fotos de tudo que aconteceu no final de semana passado...
🌿🌈❤️
Trago agora as fotos da Vivência para crianças com os índios Fulni-ô!
Uma manhã de muita felicidade e descobertas. História, cantos, dança, pintura... Um dia para ser lembrado sempre! Um dia para não esquecermos que todo dia é dia de índio e conhecer é respeitar!

Agradecemos a todas as crianças e pais presentes! Ao auxílio-apoio-suporte-parceria das amigas Mariana, Jaciara e Adriana. E agradecemos também a nossos amigos queridos: Fakhô, Fethxá, Tafkeá e Flychxymayá. Eedjadwa ilumine sempre seus caminhos! Aho Fulni-ô! Haux Haux!
_
🌺Passem para o lado para ver mais fotos e vídeos! :)
_
#fulniô #índios #índiosdobrasil #aguasbelas #pernambuco #aracaju #sergipe #céuacéu
  • Aos pouquinhos vou compartilhando as fotos de tudo que aconteceu no final de semana passado...
    🌿🌈❤️
    Trago agora as fotos da Vivência para crianças com os índios Fulni-ô!
    Uma manhã de muita felicidade e descobertas. História, cantos, dança, pintura... Um dia para ser lembrado sempre! Um dia para não esquecermos que todo dia é dia de índio e conhecer é respeitar!

    Agradecemos a todas as crianças e pais presentes! Ao auxílio-apoio-suporte-parceria das amigas Mariana, Jaciara e Adriana. E agradecemos também a nossos amigos queridos: Fakhô, Fethxá, Tafkeá e Flychxymayá. Eedjadwa ilumine sempre seus caminhos! Aho Fulni-ô! Haux Haux!
    _
    🌺Passem para o lado para ver mais fotos e vídeos! :)
    _
    #fulniô #índios #índiosdobrasil #aguasbelas #pernambuco #aracaju #sergipe #céuacéu
  • 91 5 20 March, 2019

Advertisements

  • Grafite na Av. José Cândido da Silveira lembra desastres em Mariana e Brumadinho. Autor diz ter se inspirado em imagens publicadas pela imprensa para pintar a fachada de uma loja cedida pelo proprietário. “Pensei muito nos índios que sofreram com a devastação de suas terras, do seu rio”, conta Saymom Oliveira de Assis Costa, de 25 anos. Confira a matéria completa clicando👆 no link da bio. 📷Túlio Santos/EM/D.A Press #Grafite #Desastres #Arte #Mariana #Brumadinho #Índios #EM #MG
  • Grafite na Av. José Cândido da Silveira lembra desastres em Mariana e Brumadinho. Autor diz ter se inspirado em imagens publicadas pela imprensa para pintar a fachada de uma loja cedida pelo proprietário. “Pensei muito nos índios que sofreram com a devastação de suas terras, do seu rio”, conta Saymom Oliveira de Assis Costa, de 25 anos. Confira a matéria completa clicando👆 no link da bio. 📷Túlio Santos/EM/D.A Press #Grafite #Desastres #Arte #Mariana #Brumadinho #Índios #EM #MG
  • 828 5 19 March, 2019
  • “#ReginaDuarte lidera o setor #pecuarista contra os #PovosIndígenas e participa de comícios contra as demarcações em todo Brasil. No Mato Grosso do Sul, ela é a ‘garota propaganda’ em campanhas contra os indígenas”, relata o blog  União Campo, Cidade e Floresta. 
O jornalista Leonardo Sakamoto já havia feito a mesma denúncia em seu blog no UOL em maio de 2009.  Reproduzo alguns trechos: *** A atriz global e pecuarista Regina Duarte, em discurso na abertura da 45ª Expoagro, em Dourados (MS), disse que está solidária com os produtores e lideranças rurais quanto à questão de demarcação de terras indígenas e #quilombolas no estado. “Confesso que em Dourados voltei a sentir medo”, afirmou a atriz, neste domingo (18), com referência à previsão de criação de novas reservas na região de Dourados. “O direito à propriedade é inalienável”, explicou ela, de forma curta, grossa e maravilhosamente elucidativa o que faz do BRASIL um brasil. 
Em verdade, ela deve estar sentindo medo desde a campanha presidencial de 2002…

#Índio #Índios #Indígenas #PovosIndígenas #DireitosHumanos #MeioAmbiente #Natureza

#EleNão 🇧🇷
  • #ReginaDuarte lidera o setor #pecuarista contra os #PovosIndígenas e participa de comícios contra as demarcações em todo Brasil. No Mato Grosso do Sul, ela é a ‘garota propaganda’ em campanhas contra os indígenas”, relata o blog União Campo, Cidade e Floresta.
    O jornalista Leonardo Sakamoto já havia feito a mesma denúncia em seu blog no UOL em maio de 2009. Reproduzo alguns trechos: *** A atriz global e pecuarista Regina Duarte, em discurso na abertura da 45ª Expoagro, em Dourados (MS), disse que está solidária com os produtores e lideranças rurais quanto à questão de demarcação de terras indígenas e #quilombolas no estado. “Confesso que em Dourados voltei a sentir medo”, afirmou a atriz, neste domingo (18), com referência à previsão de criação de novas reservas na região de Dourados. “O direito à propriedade é inalienável”, explicou ela, de forma curta, grossa e maravilhosamente elucidativa o que faz do BRASIL um brasil.
    Em verdade, ela deve estar sentindo medo desde a campanha presidencial de 2002…

    #Índio #Índios #Indígenas #PovosIndígenas #DireitosHumanos #MeioAmbiente #Natureza

    #EleNão 🇧🇷
  • 7 1 18 March, 2019
  • Quem disse que o Brasil não tem terror de qualidade?
Desde que entrei para a Aberst (Associação Brasileira de Escritores de Romances Policial, Terror e Suspense), tenho consumido uma infinidade de contos e romances da categoria que tem enchido minhas manhãs de muito terror e entretenimento, sem falar no policial que é a minha categoria favorita.
Escuridão, do Alexandre Moreira, é um romance que se passa na Amazônia, uma área conhecida pelos índios como “Suu Ruu Birê” ou Terra da Noite que engole, pois essa área da floresta é muito fechada por conta das árvores centenárias e gigantescas. Ali quase não se vê os raios solares.
Nessa área vive algo há milhares de anos, algo que os seres humanos desconhecem e que uma equipe americana tem o desprazer de se deparar. Os personagens aqui são fabulosos, as falas deixam a características de cada um bem evidente, o índio Ubirajara é um grande exemplo. Com temas bem atuais escuridão é um livro incrível que merece ser lido e apreciado por todos os fãs de terror.
Fiquei muito feliz, pois a história se passa praticamente na mesma região do meu conto Os Guardiões de Eldorado de 2013.
Recomendo muito!
 #LIVRO #ESCURIDÃO #LITERATURA #TERROR #ÍNDIOS #AMAZÔNIA #ABERST #ESCRITOR #LEITOR #AMOLER #LITERATURANACIONAL #ABerst
  • Quem disse que o Brasil não tem terror de qualidade?
    Desde que entrei para a Aberst (Associação Brasileira de Escritores de Romances Policial, Terror e Suspense), tenho consumido uma infinidade de contos e romances da categoria que tem enchido minhas manhãs de muito terror e entretenimento, sem falar no policial que é a minha categoria favorita.
    Escuridão, do Alexandre Moreira, é um romance que se passa na Amazônia, uma área conhecida pelos índios como “Suu Ruu Birê” ou Terra da Noite que engole, pois essa área da floresta é muito fechada por conta das árvores centenárias e gigantescas. Ali quase não se vê os raios solares.
    Nessa área vive algo há milhares de anos, algo que os seres humanos desconhecem e que uma equipe americana tem o desprazer de se deparar. Os personagens aqui são fabulosos, as falas deixam a características de cada um bem evidente, o índio Ubirajara é um grande exemplo. Com temas bem atuais escuridão é um livro incrível que merece ser lido e apreciado por todos os fãs de terror.
    Fiquei muito feliz, pois a história se passa praticamente na mesma região do meu conto Os Guardiões de Eldorado de 2013.
    Recomendo muito!
    #LIVRO #ESCURIDÃO #LITERATURA #TERROR #ÍNDIOS #AMAZÔNIA #ABERST #ESCRITOR #LEITOR #AMOLER #LITERATURANACIONAL #ABerst
  • 26 3 18 March, 2019
  • Fabricado pela Aldeia Aweti, da tribo Mehinako, localizada no Alto Xingu. O banco é mais do que um objeto, preserva uma dimensão simbólica de costumes e mitos da aldeia que a fabricou, assim como expressar a individualidade e potencial criativo de seus autores.

Para saber mais detalhes desta linda obra de arte, acesse o site da galeria: galeria.silvanatinelli.com.br/banco-em-formato-de-macaco
  • Fabricado pela Aldeia Aweti, da tribo Mehinako, localizada no Alto Xingu. O banco é mais do que um objeto, preserva uma dimensão simbólica de costumes e mitos da aldeia que a fabricou, assim como expressar a individualidade e potencial criativo de seus autores.

    Para saber mais detalhes desta linda obra de arte, acesse o site da galeria: galeria.silvanatinelli.com.br/banco-em-formato-de-macaco
  • 39 1 18 March, 2019
  • Fabricado pela Aldeia Aweti, da tribo Mehinako, localizada no Alto Xingu. O banco é mais do que um objeto, preserva uma dimensão simbólica de costumes e mitos da aldeia que a fabricou, assim como expressar a individualidade e potencial criativo de seus autores.

Para saber mais detalhes desta linda obra de arte, acesse o site da galeria: galeria.silvanatinelli.com.br/banco-em-formato-de-macaco
  • Fabricado pela Aldeia Aweti, da tribo Mehinako, localizada no Alto Xingu. O banco é mais do que um objeto, preserva uma dimensão simbólica de costumes e mitos da aldeia que a fabricou, assim como expressar a individualidade e potencial criativo de seus autores.

    Para saber mais detalhes desta linda obra de arte, acesse o site da galeria: galeria.silvanatinelli.com.br/banco-em-formato-de-macaco
  • 101 1 18 March, 2019
  • Como podemos conhecer tão pouco sobre o maior povo indígena em quantidade de indivíduos a viver no Brasil? Os Guarani contam com uma população de 57 mil habitantes, de acordo com o IBGE, e vivem nos estados brasileiros do Mato Grosso do Sul, São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Pará, Santa Catarina e Tocantins.

Eles são divididos em kaiowá, mbya e ñadeva e cada grupo se diferencia pela forma que manifestam sua cultura, a organização social, a língua e até a forma de praticar a religião. Todos esses assuntos serão tratados nas próximas publicações. Em breve vamos contar a história de resistência desse povo e como eles se estabeleceram no nosso estado, Espírito Santo.

#indiosguarani #sociologia #índios #brasil

Fonte: https://www.survivalbrasil.org/povos/guarani
  • Como podemos conhecer tão pouco sobre o maior povo indígena em quantidade de indivíduos a viver no Brasil? Os Guarani contam com uma população de 57 mil habitantes, de acordo com o IBGE, e vivem nos estados brasileiros do Mato Grosso do Sul, São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Pará, Santa Catarina e Tocantins.

    Eles são divididos em kaiowá, mbya e ñadeva e cada grupo se diferencia pela forma que manifestam sua cultura, a organização social, a língua e até a forma de praticar a religião. Todos esses assuntos serão tratados nas próximas publicações. Em breve vamos contar a história de resistência desse povo e como eles se estabeleceram no nosso estado, Espírito Santo.

    #indiosguarani #sociologia #índios #brasil

    Fonte: https://www.survivalbrasil.org/povos/guarani
  • 9 0 17 March, 2019
  • R$ 35,00
The Way Of The Spirit
A espiritualidade dos índios da América do Norte
Livro em capa dura e super ilustrado, com papel de excelente qualidade. São mais de 200 páginas, com um amplo estudo das diversas tribos da América e como elas manifestam sua espiritualidade. Uma publicação com a qualidade da Time-Life Books.
Editora: Time-Life Books
Páginas: 224
Ano de publicação: 1997
Estado de conservação: livro usado, mas em perfeito estado de conservação. Sem nome do antigo dono, riscos, grifos nem anotações.
Obs.: uma das folhas de guarda foi arrancada, provavelmente para não identificar o antigo dono. Já nos chegou assim. Mas isso não interfere em nada no estado geral do livro. 
Frete: R$ 11,00
Forma de pagamento: depósito bancário 
Para comprar, é só mandar uma mensagem direta.
#sebo #seboonline #sebovirtual #livraria #livros #livro #sebotantaspalavras #instalivros 
#livrosusados #thewayofthespirit #índios #índiosdaaméricadonorte #tribos #religião #indígena #espírito
  • R$ 35,00
    The Way Of The Spirit
    A espiritualidade dos índios da América do Norte
    Livro em capa dura e super ilustrado, com papel de excelente qualidade. São mais de 200 páginas, com um amplo estudo das diversas tribos da América e como elas manifestam sua espiritualidade. Uma publicação com a qualidade da Time-Life Books.
    Editora: Time-Life Books
    Páginas: 224
    Ano de publicação: 1997
    Estado de conservação: livro usado, mas em perfeito estado de conservação. Sem nome do antigo dono, riscos, grifos nem anotações.
    Obs.: uma das folhas de guarda foi arrancada, provavelmente para não identificar o antigo dono. Já nos chegou assim. Mas isso não interfere em nada no estado geral do livro.
    Frete: R$ 11,00
    Forma de pagamento: depósito bancário
    Para comprar, é só mandar uma mensagem direta.
    #sebo #seboonline #sebovirtual #livraria #livros #livro #sebotantaspalavras #instalivros
    #livrosusados #thewayofthespirit #índios #índiosdaaméricadonorte #tribos #religião #indígena #espírito
  • 34 1 17 March, 2019
  • Como podemos conhecer tão pouco sobre o maior povo indígena em quantidade de indivíduos a viver no Brasil? Os Guarani contam com uma população de 57 mil habitantes, de acordo com o IBGE, e vivem nos estados brasileiros do Mato Grosso do Sul, São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Pará, Santa Catarina e Tocantins.

Eles são divididos em kaiowá, mbya e ñadeva e cada grupo se diferencia pela forma que manifestam sua cultura, a organização social, a língua e até a forma de praticar a religião. Todos esses assuntos serão tratados nas próximas publicações. Em breve vamos contar a história de resistência desse povo e como eles se estabeleceram no nosso estado, Espírito Santo.

#indiosguarani #sociologia #índios #brasil

Fonte: https://www.survivalbrasil.org/povos/guarani
  • Como podemos conhecer tão pouco sobre o maior povo indígena em quantidade de indivíduos a viver no Brasil? Os Guarani contam com uma população de 57 mil habitantes, de acordo com o IBGE, e vivem nos estados brasileiros do Mato Grosso do Sul, São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Pará, Santa Catarina e Tocantins.

    Eles são divididos em kaiowá, mbya e ñadeva e cada grupo se diferencia pela forma que manifestam sua cultura, a organização social, a língua e até a forma de praticar a religião. Todos esses assuntos serão tratados nas próximas publicações. Em breve vamos contar a história de resistência desse povo e como eles se estabeleceram no nosso estado, Espírito Santo.

    #indiosguarani #sociologia #índios #brasil

    Fonte: https://www.survivalbrasil.org/povos/guarani
  • 23 0 17 March, 2019
  • "Quem me dera, ao menos uma vez
Acreditar por um instante em tudo que existe
E acreditar que o mundo é perfeito
E que todas as pessoas são felizes"  Renato Russo 
#legiãourbana #índios 🎤🎵🎶
  • "Quem me dera, ao menos uma vez
    Acreditar por um instante em tudo que existe
    E acreditar que o mundo é perfeito
    E que todas as pessoas são felizes" Renato Russo
    #legiãourbana #índios 🎤🎵🎶
  • 25 4 17 March, 2019
  • No meio da agitada São Paulo, encontra-se a Aldeia  indígena Tekoa Pyau. Apesar das transformações que ocorreram no mundo ao longo dos anos, esses índios lutam para preservar suas raizes, a língua Tupi Guarani e suas tradições. 
Lá encontramos a simplicidade na vida, o amor  ao próximo, uma cultura pouco valorizada... com a @aproximacao tive o privilégio de conhecer a Aldeia, me encantar com cada pessoa que mora lá e principalmente tive a oportunidade de doar amor e carinho para essas pessoas 😍💖 #souvoluntaria #voluntario #aproximacao #tekoapyau #índios
  • No meio da agitada São Paulo, encontra-se a Aldeia indígena Tekoa Pyau. Apesar das transformações que ocorreram no mundo ao longo dos anos, esses índios lutam para preservar suas raizes, a língua Tupi Guarani e suas tradições.
    Lá encontramos a simplicidade na vida, o amor ao próximo, uma cultura pouco valorizada... com a @aproximacao tive o privilégio de conhecer a Aldeia, me encantar com cada pessoa que mora lá e principalmente tive a oportunidade de doar amor e carinho para essas pessoas 😍💖 #souvoluntaria #voluntario #aproximacao #tekoapyau #índios
  • 34 2 17 March, 2019
  • Quem me dera, ao menos uma vez
Provar que quem tem mais do que precisa ter
Quase sempre se convence que não tem o bastante
E fala demais por não ter nada a dizer...
.
.
.
#legiãourbana #índios
  • Quem me dera, ao menos uma vez
    Provar que quem tem mais do que precisa ter
    Quase sempre se convence que não tem o bastante
    E fala demais por não ter nada a dizer...
    .
    .
    .
    #legiãourbana #índios
  • 99 6 16 March, 2019
  • "Nos tempos de tribo, em que toda tecnologia que tínhamos era o arco, a flecha, o machado de pedra e alguns outros utensílios, e que nossas maiores aflições eram como garantir o alimento caçado do dia para nutrir a tribo e vez por outra defendê-la de rivais territoriais.

Preocupávamos acima de tudo com a nossa continuidade, com o legado que deixaríamos aos nossos descendentes e que não era terra, ou qualquer materialidade, até porque nada nos pertencia, tudo era da natureza, dela extraíamos o sustento, o abrigo, o ensinamento. A natureza ensina…

Ensina que não há árvore sem raiz, que os pássaros não cantam quando aprisionados, que a água sempre vence os obstáculos devidos sua essência maleável. Que o ar é invisível, para que ao menos ele, não queiramos deter.

Ensina que os ventos sopram a continuidade dos ciclos, transportando sementes e microorganismos de um lado ao outro para que tudo flua naturalmente, e ensina que tudo tem seu tempo, não há tempestade que não cesse e que não há calmaria eterna, o primeiro sacode e revolve as estruturas “acomodadas” e inférteis para que o segundo encontre novas possibilidades de superação e continuidade da vida.

No entanto, aprendemos isso sobre a natureza porque nossos antecessores nos ensinaram ler a natureza. Lê-se a natureza observando em silêncio.

Hábito cada vez mais distante dos filhos encarnados neste período da Terra. O tempo que sempre foi o “Deus da Razão”, agora é caro e acusado por faltar aos filhos da Terra.

Então, diante dos conflitos, as tormentas e enfrentamentos, vocês, filhos da Terra, continuam num processo obsessivo em busca de facilitações, de encurtamento do trajeto, de se possível enganar a natureza. Buscam-se respostas e responsabilidades fora, no outro, nas coisas, no mundo e quase sempre se isenta diante os fatos." Caboclo Tupinambá

#UmbandaParaTodosSaravá #Mensagem #Mensagens #Índios #PovosIndígenas #Caboclos #Caboclas #Caciques #Pajés #CabocloTupinambá #Tupinambá #Jurema #Oxossi #Xamanismo #TamboresDeAngola #Aruanda #Espiritismo #Espiritualidade #Espiritualismo #UmbandaSagrada #umbandanopeito #SalveDeus #TiaNeiva #ValeDoAmanhecer #PaiSetaBranca #LegiãoDaBoaVontade
  • "Nos tempos de tribo, em que toda tecnologia que tínhamos era o arco, a flecha, o machado de pedra e alguns outros utensílios, e que nossas maiores aflições eram como garantir o alimento caçado do dia para nutrir a tribo e vez por outra defendê-la de rivais territoriais.

    Preocupávamos acima de tudo com a nossa continuidade, com o legado que deixaríamos aos nossos descendentes e que não era terra, ou qualquer materialidade, até porque nada nos pertencia, tudo era da natureza, dela extraíamos o sustento, o abrigo, o ensinamento. A natureza ensina…

    Ensina que não há árvore sem raiz, que os pássaros não cantam quando aprisionados, que a água sempre vence os obstáculos devidos sua essência maleável. Que o ar é invisível, para que ao menos ele, não queiramos deter.

    Ensina que os ventos sopram a continuidade dos ciclos, transportando sementes e microorganismos de um lado ao outro para que tudo flua naturalmente, e ensina que tudo tem seu tempo, não há tempestade que não cesse e que não há calmaria eterna, o primeiro sacode e revolve as estruturas “acomodadas” e inférteis para que o segundo encontre novas possibilidades de superação e continuidade da vida.

    No entanto, aprendemos isso sobre a natureza porque nossos antecessores nos ensinaram ler a natureza. Lê-se a natureza observando em silêncio.

    Hábito cada vez mais distante dos filhos encarnados neste período da Terra. O tempo que sempre foi o “Deus da Razão”, agora é caro e acusado por faltar aos filhos da Terra.

    Então, diante dos conflitos, as tormentas e enfrentamentos, vocês, filhos da Terra, continuam num processo obsessivo em busca de facilitações, de encurtamento do trajeto, de se possível enganar a natureza. Buscam-se respostas e responsabilidades fora, no outro, nas coisas, no mundo e quase sempre se isenta diante os fatos." Caboclo Tupinambá

    #UmbandaParaTodosSaravá #Mensagem #Mensagens #Índios #PovosIndígenas #Caboclos #Caboclas #Caciques #Pajés #CabocloTupinambá #Tupinambá #Jurema #Oxossi #Xamanismo #TamboresDeAngola #Aruanda #Espiritismo #Espiritualidade #Espiritualismo #UmbandaSagrada #umbandanopeito #SalveDeus #TiaNeiva #ValeDoAmanhecer #PaiSetaBranca #LegiãoDaBoaVontade
  • 90 0 15 March, 2019
  • 7 1 11 March, 2019
  • Quem me dera ao menos uma vez explicar o que ninguém consegue entender
Que o que aconteceu ainda está por vir e o futuro não é mais como era antigamente

Quem me dera ao menos uma vez provar que quem tem mais do que precisa ter
Quase sempre se convence que não tem o bastante
Fala demais por não ter nada a dizer

Quem me dera ao menos uma vez que o mais simples fosse visto como o mais importante
Mas nos deram espelhos
E vimos um mundo doente

Quem me dera ao menos uma vez como a mais bela tribo
Dos mais belos índios
Não ser atacado por ser inocente.
.
.
.
.
#legiaohurbana #índios #art #exposure #focus #foto #fotografia #fotos #arteabstrata #arte #abstrato #instaphoto #recife #pernambuco #fotografiaartistica #instacam
  • Quem me dera ao menos uma vez explicar o que ninguém consegue entender
    Que o que aconteceu ainda está por vir e o futuro não é mais como era antigamente

    Quem me dera ao menos uma vez provar que quem tem mais do que precisa ter
    Quase sempre se convence que não tem o bastante
    Fala demais por não ter nada a dizer

    Quem me dera ao menos uma vez que o mais simples fosse visto como o mais importante
    Mas nos deram espelhos
    E vimos um mundo doente

    Quem me dera ao menos uma vez como a mais bela tribo
    Dos mais belos índios
    Não ser atacado por ser inocente.
    .
    .
    .
    .
    #legiaohurbana #índios #art #exposure #focus #foto #fotografia #fotos #arteabstrata #arte #abstrato #instaphoto #recife #pernambuco #fotografiaartistica #instacam
  • 147 3 15 August, 2018