#fotografiaantiga Instagram Photos & Videos

fotografiaantiga - 3.5k posts

Top Posts

Advertisements

Advertisements

  • A TERCEIRA REGÊNCIA, UM GATILHO PARA A QUEDA DA MONARQUIA NO BRASIL

Após retornar da Europa em Dezembro de 1881 a Princesa Imperial Dona Isabel de Bourbon-Duas Sicílias e Bragança e Orléans, e o Príncipe Consorte Conde d’Eu centrou suas atenções no cuidado e educação dos filhos até Novembro 1884 quando realiza uma viagem de visita às Províncias do Sul, tal qual fizera seu pai décadas antes, retornando à Corte em Março de 1885.

Posteriormente a Princesa parte para Europa acompanhada do Conde d’Eu em Janeiro de 1887. A viagem que duraria cerca de seis meses foi rapidamente interrompida, pois o Imperador Dom Pedro II ficou severamente doente em Março e como herdeira do Trono caso ocorresse algo deveria estar no Brasil. Além disso, o Imperador Dom Pedro II foi aconselhado pelos seus médicos a se tratar em Baden-Baden na Alemanha.

Retornando ao Brasil a Princesa D. Isabel pela terceira vez assume a Regência do império em 30 de Julho de 1887, desta vez por um período mais curto e o mais Importante de toda sua vida política. Foi durante a Terceira Regência que a Princesa Imperial Regente Dona Isabel assinou a Lei Áurea abolindo a escravidão no Império do Brasil.

A abolição dos escravos causou um caos no âmbito político e escravocrata/burguês devido os mesmos exigirem do governo uma indenização pelo fim da mão de obra escrava. Esse feito dentre outros culminou na queda da Monarquia Parlamentarista um ano depois, em 1889 via Golpe de Estado pelo amigo do Imperador Dom Pedro II, o Militar e Monarquista Deodoro da Fonseca.

A Regência teve fim quando Dom Pedro II com uma melhora de saúde devido aos tratamentos na Europa retornou em 22 de Agosto de 1888.

Imagem: Ambas as fotografias por Marc Ferrez em 1887, na Antiga Igreja da Sé no Rio de Janeiro.
Fontes: Conservadorismo no Brasil por Everthon Garcia; Brasil Escola e Pinterest.

#princesaisabel
#aclamação #orleansebragança #royalorleans #orléans #bragança #imperatrizdobrasil #imperio #monarquiaparlamentarista #monarquiabrasileira #monarquia #monarchy #brasilimpério #historiabrasileira #historiadobrasil #politica #historiapolitica #marcferrez #igrejadase #igrejacatólica #regencia #princesaimperial
  • A TERCEIRA REGÊNCIA, UM GATILHO PARA A QUEDA DA MONARQUIA NO BRASIL

    Após retornar da Europa em Dezembro de 1881 a Princesa Imperial Dona Isabel de Bourbon-Duas Sicílias e Bragança e Orléans, e o Príncipe Consorte Conde d’Eu centrou suas atenções no cuidado e educação dos filhos até Novembro 1884 quando realiza uma viagem de visita às Províncias do Sul, tal qual fizera seu pai décadas antes, retornando à Corte em Março de 1885.

    Posteriormente a Princesa parte para Europa acompanhada do Conde d’Eu em Janeiro de 1887. A viagem que duraria cerca de seis meses foi rapidamente interrompida, pois o Imperador Dom Pedro II ficou severamente doente em Março e como herdeira do Trono caso ocorresse algo deveria estar no Brasil. Além disso, o Imperador Dom Pedro II foi aconselhado pelos seus médicos a se tratar em Baden-Baden na Alemanha.

    Retornando ao Brasil a Princesa D. Isabel pela terceira vez assume a Regência do império em 30 de Julho de 1887, desta vez por um período mais curto e o mais Importante de toda sua vida política. Foi durante a Terceira Regência que a Princesa Imperial Regente Dona Isabel assinou a Lei Áurea abolindo a escravidão no Império do Brasil.

    A abolição dos escravos causou um caos no âmbito político e escravocrata/burguês devido os mesmos exigirem do governo uma indenização pelo fim da mão de obra escrava. Esse feito dentre outros culminou na queda da Monarquia Parlamentarista um ano depois, em 1889 via Golpe de Estado pelo amigo do Imperador Dom Pedro II, o Militar e Monarquista Deodoro da Fonseca.

    A Regência teve fim quando Dom Pedro II com uma melhora de saúde devido aos tratamentos na Europa retornou em 22 de Agosto de 1888.

    Imagem: Ambas as fotografias por Marc Ferrez em 1887, na Antiga Igreja da Sé no Rio de Janeiro.
    Fontes: Conservadorismo no Brasil por Everthon Garcia; Brasil Escola e Pinterest.

    #princesaisabel
    #aclamação #orleansebragança #royalorleans #orléans #bragança #imperatrizdobrasil #imperio #monarquiaparlamentarista #monarquiabrasileira #monarquia #monarchy #brasilimpério #historiabrasileira #historiadobrasil #politica #historiapolitica #marcferrez #igrejadase #igrejacatólica #regencia #princesaimperial
  • 600 18 3 March, 2019

Advertisements

  • Reconstrução de imagem com preço acessível? É com a gente. 
@goretemariadomingos
.
.
A Impressione existe para que suas memórias não sejam apagadas com o tempo.
.
Faça seu orçamento já!
➡️Aqui imprimimos Sonhos ! 📷🖨️
  • Reconstrução de imagem com preço acessível? É com a gente.
    @goretemariadomingos
    .
    .
    A Impressione existe para que suas memórias não sejam apagadas com o tempo.
    .
    Faça seu orçamento já!
    ➡️Aqui imprimimos Sonhos ! 📷🖨️
  • 217 5 2 February, 2019

Latest Instagram Posts

Advertisements

Advertisements

Advertisements

  • Demà 22 de març és el Dia Mundial de l'Aigua, que té per objectiu sensibilitzar la ciutadania sobre una correcta gestió de l'aigua , un bé públic, universal i escàs, que cal apreciar i conservar  i que afronta avui un gran repte com és el del canvi climàtic.
Foto: Font Pudosa de Banyoles,coneguda per les seves propietats medicinals, 1912. AFB. Autor desconegut
#arxiufotograficdebarcelona #arxiufotograficbcn #fotografia #fotografiaantiga #aigua
  • Demà 22 de març és el Dia Mundial de l'Aigua, que té per objectiu sensibilitzar la ciutadania sobre una correcta gestió de l'aigua , un bé públic, universal i escàs, que cal apreciar i conservar i que afronta avui un gran repte com és el del canvi climàtic.
    Foto: Font Pudosa de Banyoles,coneguda per les seves propietats medicinals, 1912. AFB. Autor desconegut
    #arxiufotograficdebarcelona #arxiufotograficbcn #fotografia #fotografiaantiga #aigua
  • 263 0 21 March, 2019

Advertisements

  • Essa foto deve ter no mínimo uns 60 anos...
Percebam a sensibilidade do fotógrafo, naquela época, com os recursos da época..conseguiu com o seu registro eternizar esse olhar apaixonado 😍
Fotografia é isso.
Tem que ter amor pelo que se faz, ter sensibilidade, paciência e técnica.

Não adianta você ter o melhor equipamento do mundo se você não tiver sensibilidade e o olhar certo.

É isso, fico emocionada em ver essa foto, primeiro pq são meus AVÓS e segundo pq a fotografia tem que ser assim,  nos transmitir algo
E essa foto me transmite AMOR ❤

#fotografiadecasamento #fotografiaantiga #peb #p&b #pretoebranco #photo #photografia #wedding
  • Essa foto deve ter no mínimo uns 60 anos...
    Percebam a sensibilidade do fotógrafo, naquela época, com os recursos da época..conseguiu com o seu registro eternizar esse olhar apaixonado 😍
    Fotografia é isso.
    Tem que ter amor pelo que se faz, ter sensibilidade, paciência e técnica.

    Não adianta você ter o melhor equipamento do mundo se você não tiver sensibilidade e o olhar certo.

    É isso, fico emocionada em ver essa foto, primeiro pq são meus AVÓS e segundo pq a fotografia tem que ser assim, nos transmitir algo
    E essa foto me transmite AMOR ❤

    #fotografiadecasamento #fotografiaantiga #peb #p &b #pretoebranco #photo #photografia #wedding
  • 11 0 18 March, 2019

Advertisements

  • Encomenda da ilustração de alguém importante que já se foi.
  • Encomenda da ilustração de alguém importante que já se foi.
  • 86 8 14 March, 2019
  • eu acho realmente incrível a potência que uma fotografia carrega em si. essa foto é do pai da minha mãe, ele fez esse registro por volta dos anos 70, escreveu uma mensagem no verso e pediu para que entregassem a ela. depois de muitos anos perdida por ai, chegou finalmente as mãos da filha. no verso diz assim: “esto dentro do meu quarto e meu quarto é cuzinha é tudo de minha legítima propiedade atendo o barcão da venda e façu comida e cuido do quinta lavo ropá. a vida é advertida. viva assim eu sou eu”.
.
.
.
.
.
#fotografiaanalógica #fotografiaantiga #registrosakáshicos 
#blackandwhitephotography #ancestralidade
  • eu acho realmente incrível a potência que uma fotografia carrega em si. essa foto é do pai da minha mãe, ele fez esse registro por volta dos anos 70, escreveu uma mensagem no verso e pediu para que entregassem a ela. depois de muitos anos perdida por ai, chegou finalmente as mãos da filha. no verso diz assim: “esto dentro do meu quarto e meu quarto é cuzinha é tudo de minha legítima propiedade atendo o barcão da venda e façu comida e cuido do quinta lavo ropá. a vida é advertida. viva assim eu sou eu”.
    .
    .
    .
    .
    .
    #fotografiaanalógica #fotografiaantiga #registrosakáshicos
    #blackandwhitephotography #ancestralidade
  • 109 14 12 March, 2019

Advertisements

  • UM ORLÉANS NÃO FOGE A LUTA (Parte 2, Paraguai)

Como se vê, sua carreira militar foi decidida pela família. Seu casamento também. (Definitivamente, ele não era senhor de seu próprio futuro.) E foi justamente o casamento com D. Isabel que o impeliu para o posto mais alto do Exército Brasileiro: O de Marechal.

Logo que estourou a guerra do Paraguai, o conde d’Eu foi a Uruguaiana, onde vestiu-se de “voluntário”, estudou a artilharia paraguaia e as estratégias de ataque.
Insistentemente, pediu ao sogro que o autorizasse lutar. Afinal, era um marechal. D. Pedro II sempre recusou. Ironia do destino: os “Voluntários” da Pátria eram coagidos, enquanto o príncipe Voluntário era proibido.

Depois, nomeou-o comandante-geral da artilharia e presidente da Comissão de Melhoramentos do Exército – mas nada de ir ao front.

Detalhe, Gastão não queria ir para comandar, mas para lutar, ainda que sob o comando de Caxias ou quem estivesse no comando. Pediu diretamente ao Ministério da Guerra e ao Conselho de Estado – as marionetes do sogro derrotaram sua pretensão por 12 votos a 11.

Dirigiu-se então até a Caxias, num jantar na corte: “Marechal, consentiria que eu fosse servir no Paraguai sob suas ordens?” Ao que Caxias respondeu: “Oh, senhor, isso é muita honra para mim. Eu é que desejava ir às ordens de Vossa Alteza. Entretanto, como Vossa Alteza sabe, isso depende do governo”. Em 1869, as tropas regulares do Paraguai já haviam sido debeladas. Faltava Lopez, que havia fugido. Caxias não queria caçar Lopez. Mas D. Pedro II estava obcecado com “o extermínio do bárbaro tirano”. Com a desistência de Caxias e o desânimo das tropas brasileiras, o imperador precisava de alguém apto a reanimá-las nessa fase inglória. E pensou no genro.

Se a intenção era de animar as tropas, em tese, a escolha era correta. O barão de Cotegipe chegou a dizer a Gastão: “Sua Alteza precisará antes de quem o contenha, do que de quem o estimule”. Gastão desconfiava que a missão de caça seria um fracasso retumbante.

Continuação 👇
  • UM ORLÉANS NÃO FOGE A LUTA (Parte 2, Paraguai)

    Como se vê, sua carreira militar foi decidida pela família. Seu casamento também. (Definitivamente, ele não era senhor de seu próprio futuro.) E foi justamente o casamento com D. Isabel que o impeliu para o posto mais alto do Exército Brasileiro: O de Marechal.

    Logo que estourou a guerra do Paraguai, o conde d’Eu foi a Uruguaiana, onde vestiu-se de “voluntário”, estudou a artilharia paraguaia e as estratégias de ataque.
    Insistentemente, pediu ao sogro que o autorizasse lutar. Afinal, era um marechal. D. Pedro II sempre recusou. Ironia do destino: os “Voluntários” da Pátria eram coagidos, enquanto o príncipe Voluntário era proibido.

    Depois, nomeou-o comandante-geral da artilharia e presidente da Comissão de Melhoramentos do Exército – mas nada de ir ao front.

    Detalhe, Gastão não queria ir para comandar, mas para lutar, ainda que sob o comando de Caxias ou quem estivesse no comando. Pediu diretamente ao Ministério da Guerra e ao Conselho de Estado – as marionetes do sogro derrotaram sua pretensão por 12 votos a 11.

    Dirigiu-se então até a Caxias, num jantar na corte: “Marechal, consentiria que eu fosse servir no Paraguai sob suas ordens?” Ao que Caxias respondeu: “Oh, senhor, isso é muita honra para mim. Eu é que desejava ir às ordens de Vossa Alteza. Entretanto, como Vossa Alteza sabe, isso depende do governo”. Em 1869, as tropas regulares do Paraguai já haviam sido debeladas. Faltava Lopez, que havia fugido. Caxias não queria caçar Lopez. Mas D. Pedro II estava obcecado com “o extermínio do bárbaro tirano”. Com a desistência de Caxias e o desânimo das tropas brasileiras, o imperador precisava de alguém apto a reanimá-las nessa fase inglória. E pensou no genro.

    Se a intenção era de animar as tropas, em tese, a escolha era correta. O barão de Cotegipe chegou a dizer a Gastão: “Sua Alteza precisará antes de quem o contenha, do que de quem o estimule”. Gastão desconfiava que a missão de caça seria um fracasso retumbante.

    Continuação 👇
  • 291 16 7 March, 2019
  • A TERCEIRA REGÊNCIA, UM GATILHO PARA A QUEDA DA MONARQUIA NO BRASIL

Após retornar da Europa em Dezembro de 1881 a Princesa Imperial Dona Isabel de Bourbon-Duas Sicílias e Bragança e Orléans, e o Príncipe Consorte Conde d’Eu centrou suas atenções no cuidado e educação dos filhos até Novembro 1884 quando realiza uma viagem de visita às Províncias do Sul, tal qual fizera seu pai décadas antes, retornando à Corte em Março de 1885.

Posteriormente a Princesa parte para Europa acompanhada do Conde d’Eu em Janeiro de 1887. A viagem que duraria cerca de seis meses foi rapidamente interrompida, pois o Imperador Dom Pedro II ficou severamente doente em Março e como herdeira do Trono caso ocorresse algo deveria estar no Brasil. Além disso, o Imperador Dom Pedro II foi aconselhado pelos seus médicos a se tratar em Baden-Baden na Alemanha.

Retornando ao Brasil a Princesa D. Isabel pela terceira vez assume a Regência do império em 30 de Julho de 1887, desta vez por um período mais curto e o mais Importante de toda sua vida política. Foi durante a Terceira Regência que a Princesa Imperial Regente Dona Isabel assinou a Lei Áurea abolindo a escravidão no Império do Brasil.

A abolição dos escravos causou um caos no âmbito político e escravocrata/burguês devido os mesmos exigirem do governo uma indenização pelo fim da mão de obra escrava. Esse feito dentre outros culminou na queda da Monarquia Parlamentarista um ano depois, em 1889 via Golpe de Estado pelo amigo do Imperador Dom Pedro II, o Militar e Monarquista Deodoro da Fonseca.

A Regência teve fim quando Dom Pedro II com uma melhora de saúde devido aos tratamentos na Europa retornou em 22 de Agosto de 1888.

Imagem: Ambas as fotografias por Marc Ferrez em 1887, na Antiga Igreja da Sé no Rio de Janeiro.
Fontes: Conservadorismo no Brasil por Everthon Garcia; Brasil Escola e Pinterest.

#princesaisabel
#aclamação #orleansebragança #royalorleans #orléans #bragança #imperatrizdobrasil #imperio #monarquiaparlamentarista #monarquiabrasileira #monarquia #monarchy #brasilimpério #historiabrasileira #historiadobrasil #politica #historiapolitica #marcferrez #igrejadase #igrejacatólica #regencia #princesaimperial
  • A TERCEIRA REGÊNCIA, UM GATILHO PARA A QUEDA DA MONARQUIA NO BRASIL

    Após retornar da Europa em Dezembro de 1881 a Princesa Imperial Dona Isabel de Bourbon-Duas Sicílias e Bragança e Orléans, e o Príncipe Consorte Conde d’Eu centrou suas atenções no cuidado e educação dos filhos até Novembro 1884 quando realiza uma viagem de visita às Províncias do Sul, tal qual fizera seu pai décadas antes, retornando à Corte em Março de 1885.

    Posteriormente a Princesa parte para Europa acompanhada do Conde d’Eu em Janeiro de 1887. A viagem que duraria cerca de seis meses foi rapidamente interrompida, pois o Imperador Dom Pedro II ficou severamente doente em Março e como herdeira do Trono caso ocorresse algo deveria estar no Brasil. Além disso, o Imperador Dom Pedro II foi aconselhado pelos seus médicos a se tratar em Baden-Baden na Alemanha.

    Retornando ao Brasil a Princesa D. Isabel pela terceira vez assume a Regência do império em 30 de Julho de 1887, desta vez por um período mais curto e o mais Importante de toda sua vida política. Foi durante a Terceira Regência que a Princesa Imperial Regente Dona Isabel assinou a Lei Áurea abolindo a escravidão no Império do Brasil.

    A abolição dos escravos causou um caos no âmbito político e escravocrata/burguês devido os mesmos exigirem do governo uma indenização pelo fim da mão de obra escrava. Esse feito dentre outros culminou na queda da Monarquia Parlamentarista um ano depois, em 1889 via Golpe de Estado pelo amigo do Imperador Dom Pedro II, o Militar e Monarquista Deodoro da Fonseca.

    A Regência teve fim quando Dom Pedro II com uma melhora de saúde devido aos tratamentos na Europa retornou em 22 de Agosto de 1888.

    Imagem: Ambas as fotografias por Marc Ferrez em 1887, na Antiga Igreja da Sé no Rio de Janeiro.
    Fontes: Conservadorismo no Brasil por Everthon Garcia; Brasil Escola e Pinterest.

    #princesaisabel
    #aclamação #orleansebragança #royalorleans #orléans #bragança #imperatrizdobrasil #imperio #monarquiaparlamentarista #monarquiabrasileira #monarquia #monarchy #brasilimpério #historiabrasileira #historiadobrasil #politica #historiapolitica #marcferrez #igrejadase #igrejacatólica #regencia #princesaimperial
  • 600 18 3 March, 2019
  • #TBTzinho cheio de amor 💗, do filho do meio, nosso recheio, Davi Guilherme com seus 8 meses e 9 dias de vida 😍 (graças a minha conta antiga do Facebook, eu tenho essa precisão! 😅)!
.
.

Um bebê metódico, inserido 100% dentro de uma rotina que estipulei para as primeiras fases da vida dele.
Não era de chorar, mas também não era de sorrir.
Tinha os sentidos muito apurados, audição e visão eram alguns deles.
Um bebêzão, no sentido de ser grandão e ser bebê (meu bebê) por muito mais tempo que consideramos o "normal".
Desenvolveu tardiamente, mas como bom taurino, sempre foi muito bom de 'garfo' e mamá, é claro!
Se sentia inseguro longe de mim, e por isso sempre me viam como "a preferida dele (talvez fosse mesmo)".
A verdade que por muito tempo me ví girar em torno dele (sem poesia), talvez fosse o sentimento de culpa pela gravidez tão tribulada dele.
Eu continuava sendo mãe da Má, mas sentia que ELE precisava mais de mim (não me sinto orgulhosa em dizer isso 😔).
Como mãe atenta, sempre notei algo de especial nele, a sensação de que essa calmaria que ele apresentava, talvez escondesse um grande segredo dentro dele.
E assim foi... 💙
.
.

Deus o colocou na minha vida, para mostrar que quando menos acreditamos na nossa capacidade, Ele nos usa para provar o quão somos fortes! 👊
Te amo meu filho, ao infinito e além, muuuitooo além do que você possa imaginar! 🍃💕
.
.

#tbt #autismo #meubebe #meumenino #gazudamamae #sermae #maternidade #maternidadecomamor #maternidadereal#vidareal #fotografia #fotoscaseiras #fotografiaantiga #lembrancas #memorias #momentos #saudades #recheio #filhodomeio #amotantoqueatedoi #queriasereterna #amoMuitoTudoIsso #gratidao #DeusNoComandoSempre #tatui #br #maedetreseassim
  • #TBTzinho cheio de amor 💗, do filho do meio, nosso recheio, Davi Guilherme com seus 8 meses e 9 dias de vida 😍 (graças a minha conta antiga do Facebook, eu tenho essa precisão! 😅)!
    .
    .

    Um bebê metódico, inserido 100% dentro de uma rotina que estipulei para as primeiras fases da vida dele.
    Não era de chorar, mas também não era de sorrir.
    Tinha os sentidos muito apurados, audição e visão eram alguns deles.
    Um bebêzão, no sentido de ser grandão e ser bebê (meu bebê) por muito mais tempo que consideramos o "normal".
    Desenvolveu tardiamente, mas como bom taurino, sempre foi muito bom de 'garfo' e mamá, é claro!
    Se sentia inseguro longe de mim, e por isso sempre me viam como "a preferida dele (talvez fosse mesmo)".
    A verdade que por muito tempo me ví girar em torno dele (sem poesia), talvez fosse o sentimento de culpa pela gravidez tão tribulada dele.
    Eu continuava sendo mãe da Má, mas sentia que ELE precisava mais de mim (não me sinto orgulhosa em dizer isso 😔).
    Como mãe atenta, sempre notei algo de especial nele, a sensação de que essa calmaria que ele apresentava, talvez escondesse um grande segredo dentro dele.
    E assim foi... 💙
    .
    .

    Deus o colocou na minha vida, para mostrar que quando menos acreditamos na nossa capacidade, Ele nos usa para provar o quão somos fortes! 👊
    Te amo meu filho, ao infinito e além, muuuitooo além do que você possa imaginar! 🍃💕
    .
    .

    #tbt #autismo #meubebe #meumenino #gazudamamae #sermae #maternidade #maternidadecomamor #maternidadereal #vidareal #fotografia #fotoscaseiras #fotografiaantiga #lembrancas #memorias #momentos #saudades #recheio #filhodomeio #amotantoqueatedoi #queriasereterna #amoMuitoTudoIsso #gratidao #DeusNoComandoSempre #tatui #br #maedetreseassim
  • 39 10 1 March, 2019