#racismo Instagram Photos & Videos

racismo - 118.8k posts

Top Posts

Advertisements

Advertisements

  • Chico Buarque ganhou o Prêmio Camões de Literatura, a mais alta láurea da literatura em língua portuguesa para a obra de um autor. E Chico merece, porque é um dos grandes poetas do século XX, porque escreveu alguns romances dignos de nota, porque funcionou muitas vezes como um termômetro artístico perfeito do país. E seu prêmio é tanto mais merecido pelo fato de ultimamente estar sendo achincalhado por alguns representantes da “gente direita”, dos morais, fascistas e energúmenos “cidadãos de bem”. Chico é eterno, levou e continuará levando o Brasil a lugares aos quais os valentões da internet e da realidade, pobres coitados, não conseguem nem jamais conseguirão chegar nem mesmo em pensamentos. E a prova de que Chico continua grandioso pode ser vista por exemplo nos versos da música “As caravanas”, do seu álbum mais recente. A voltagem poética é altíssima e o mergulho profundo. Chico mostra que compreende, como nenhum de seus detratores, o que é o Brasil contemporâneo, aldeia tolstoiana para decifrar o universo inteiro, aliás. 
Densidade e intensidade. 
E eu cito apenas cinco versos para começar, antecipando que a transição fonética entre “nus” e “nos” do primeiro verso, que insere o próprio narrador entre os brancos opressores da Zona Sul é um dos grandes achados poéticos dos últimos anos: -
"Com negros torsos nus deixam em polvorosa
A gente ordeira e virtuosa que apela
Pra polícia despachar de volta
O populacho pra favela
Ou pra Benguela, ou pra Guiné”. -
Nenhum de seus detratores, nem mesmo dos ídolos de seus detratores, chegará jamais nem a dez saaras de distância de versos como estes: -
"filha do medo,
a raiva é mãe da covardia”, -
Eles resumem tanto o Brasil histórico quanto o contemporâneo de modo perfeito e sintético. 
#chicobuarque #chico #caravanas #ascaravanas #música #interpretarobrasil #brasil #preconceito #diferença #música #poesia #music #poetry #literatura #literature #bolsonaronão #bolsominions #moralismo #reacionarismo #vivaaliberdade #igualdade #ursal #tolstoi #aldeia #universo #brasil #entenderobrasil #racismo #racism #praia #zonasul
  • Chico Buarque ganhou o Prêmio Camões de Literatura, a mais alta láurea da literatura em língua portuguesa para a obra de um autor. E Chico merece, porque é um dos grandes poetas do século XX, porque escreveu alguns romances dignos de nota, porque funcionou muitas vezes como um termômetro artístico perfeito do país. E seu prêmio é tanto mais merecido pelo fato de ultimamente estar sendo achincalhado por alguns representantes da “gente direita”, dos morais, fascistas e energúmenos “cidadãos de bem”. Chico é eterno, levou e continuará levando o Brasil a lugares aos quais os valentões da internet e da realidade, pobres coitados, não conseguem nem jamais conseguirão chegar nem mesmo em pensamentos. E a prova de que Chico continua grandioso pode ser vista por exemplo nos versos da música “As caravanas”, do seu álbum mais recente. A voltagem poética é altíssima e o mergulho profundo. Chico mostra que compreende, como nenhum de seus detratores, o que é o Brasil contemporâneo, aldeia tolstoiana para decifrar o universo inteiro, aliás.
    Densidade e intensidade.
    E eu cito apenas cinco versos para começar, antecipando que a transição fonética entre “nus” e “nos” do primeiro verso, que insere o próprio narrador entre os brancos opressores da Zona Sul é um dos grandes achados poéticos dos últimos anos: -
    "Com negros torsos nus deixam em polvorosa
    A gente ordeira e virtuosa que apela
    Pra polícia despachar de volta
    O populacho pra favela
    Ou pra Benguela, ou pra Guiné”. -
    Nenhum de seus detratores, nem mesmo dos ídolos de seus detratores, chegará jamais nem a dez saaras de distância de versos como estes: -
    "filha do medo,
    a raiva é mãe da covardia”, -
    Eles resumem tanto o Brasil histórico quanto o contemporâneo de modo perfeito e sintético.
    #chicobuarque #chico #caravanas #ascaravanas #música #interpretarobrasil #brasil #preconceito #diferença #música #poesia #music #poetry #literatura #literature #bolsonaronão #bolsominions #moralismo #reacionarismo #vivaaliberdade #igualdade #ursal #tolstoi #aldeia #universo #brasil #entenderobrasil #racismo #racism #praia #zonasul
  • 1,194 91 21 May, 2019

Advertisements

Latest Instagram Posts

Advertisements

  • Demorei mais tempo do que costumo levar - para ler um livro - com 'O sol é para todos'. Mas aqui, ainda tentando digerir essa história sou compreensível comigo mesma. Passaram-se quase um século desde que Harper Lee escreveu 'To kill a Mockingbird' e infelizmente tão pouco mudou... É só mesmo por meio da pureza de uma criança que podemos enxergar a tamanha estupidez que é o preconceito racial e social. Scout devolve a esperança, que tanto necessitamos para seguir em frente e nos ensina a ser empáticos. Afinal, a maioria das pessoas são boas quando enfim as conhecemos. 
Não posso terminar esse desabafo sem citar: Atire em todos os gaios que quiser, se conseguir acertá-los, mas lembre-se: é pecado matar um rouxinol.
.
#Literatura #Leiamais #lerévida #osoléparatodos #tokillamockingbird #HarperLee #clássico #romance #racismo #esperança #empatia #livro #rouxinol #preconceito
  • Demorei mais tempo do que costumo levar - para ler um livro - com 'O sol é para todos'. Mas aqui, ainda tentando digerir essa história sou compreensível comigo mesma. Passaram-se quase um século desde que Harper Lee escreveu 'To kill a Mockingbird' e infelizmente tão pouco mudou... É só mesmo por meio da pureza de uma criança que podemos enxergar a tamanha estupidez que é o preconceito racial e social. Scout devolve a esperança, que tanto necessitamos para seguir em frente e nos ensina a ser empáticos. Afinal, a maioria das pessoas são boas quando enfim as conhecemos.
    Não posso terminar esse desabafo sem citar: Atire em todos os gaios que quiser, se conseguir acertá-los, mas lembre-se: é pecado matar um rouxinol.
    .
    #Literatura #Leiamais #lerévida #osoléparatodos #tokillamockingbird #HarperLee #clássico #romance #racismo #esperança #empatia #livro #rouxinol #preconceito
  • 2 0 3 hours ago

Advertisements

  • "El equipo de fútbol que recibe más insultos cada partido"

Alma de África es el primer equipo de fútbol de inmigrantes que logró jugar oficialmente en las Ligas inferiores del fútbol español como 'federado'. Un logro histórico, pionero y referencial no sólo en España, sino en el mundo entero. Un club creado por una serie de devotos del fútbol pero, mucho más, de personas especiales que dejan todo de lado para ayudar, a través de la pelota, a los muchísimos inmigrantes que llegan cada mes a Jerez de la Frontera (Cádiz). Todo empezó con partidos amistosos entre 'negritos' en la Pradera jerezana los domingos hasta que, tras mucho sudar, gritar y disfrutar, unos voluntaris entendieron que la pelota odía ser un vehículo diferencial para mejorar sus vidas. Crearon el club pero la clave no era ganar, sino ser una familia y un apoyo para facilitar su adaptación a España, para poder otorgarles una nueva vida. "Sin inserción laboral, el fútbol no sirve de nada", escuché de uno de sus fundadores cuando pasé una semana con ellos para conocer su proyecto hace ahora tres años. Son personas que dejaron todo para ayudar y que se desviven por lo que la mayoría sabe que es un problema pero mira a otro lado.

Pues bien, Álma de África, este club ejemplar, es el club más insultado de España, que les muestra su talante racista cada fin de semana allá donde juegan sus partidos. Por ello, tras mucho aguantar y soportar, aunque más a modo de visibilidad que de denuncia, han creado una acción que llevarán a cabo hoy domingo en su partido. Para dar voz a esta	situación	y	concienciar	al mundo	del fútbol,	Alma	de	África	ha	decicido abanderar	una	campaña	y	escribir estos insultos en	un	lugar	donde	puedan	ser	vistos por	todos:	sobre	el	dorsal	de	sus	camisetas. ¡Nunca más!

#futbol #almadeafrica #jerez #football #inmigrants #racismo #camisetas #andalucia #footballtime #footballculture #footballgames #footballers #football⚽ #footballshirts #africa #afrika #footballplayer
  • "El equipo de fútbol que recibe más insultos cada partido"

    Alma de África es el primer equipo de fútbol de inmigrantes que logró jugar oficialmente en las Ligas inferiores del fútbol español como 'federado'. Un logro histórico, pionero y referencial no sólo en España, sino en el mundo entero. Un club creado por una serie de devotos del fútbol pero, mucho más, de personas especiales que dejan todo de lado para ayudar, a través de la pelota, a los muchísimos inmigrantes que llegan cada mes a Jerez de la Frontera (Cádiz). Todo empezó con partidos amistosos entre 'negritos' en la Pradera jerezana los domingos hasta que, tras mucho sudar, gritar y disfrutar, unos voluntaris entendieron que la pelota odía ser un vehículo diferencial para mejorar sus vidas. Crearon el club pero la clave no era ganar, sino ser una familia y un apoyo para facilitar su adaptación a España, para poder otorgarles una nueva vida. "Sin inserción laboral, el fútbol no sirve de nada", escuché de uno de sus fundadores cuando pasé una semana con ellos para conocer su proyecto hace ahora tres años. Son personas que dejaron todo para ayudar y que se desviven por lo que la mayoría sabe que es un problema pero mira a otro lado.

    Pues bien, Álma de África, este club ejemplar, es el club más insultado de España, que les muestra su talante racista cada fin de semana allá donde juegan sus partidos. Por ello, tras mucho aguantar y soportar, aunque más a modo de visibilidad que de denuncia, han creado una acción que llevarán a cabo hoy domingo en su partido. Para dar voz a esta situación y concienciar al mundo del fútbol, Alma de África ha decicido abanderar una campaña y escribir estos insultos en un lugar donde puedan ser vistos por todos: sobre el dorsal de sus camisetas. ¡Nunca más!

    #futbol #almadeafrica #jerez #football #inmigrants #racismo #camisetas #andalucia #footballtime #footballculture #footballgames #footballers #football#footballshirts #africa #afrika #footballplayer
  • 17 0 3 hours ago
  • ▪
8 de maio de 2019, Bolsonaro publica um decreto que facilitaria o acesso às armas para crianças e adolescentes, menos de dois meses após o massacre de Suzano, interior de São Paulo. Neste decreto, não constava a idade mínima.
Como se tornou comum no (des)governo atual, em 22 de maio, recua e estipula o acesso às armas a partir dos 14 anos com o aval de um dos responsáveis legais. Desde a sua campanha, Bolsonaro fazia abertamente o papel de garoto propaganda da Taurus, fabricante de armas brasileira, empresa que vê os seus lucros subirem dia a dia.
Interessante pensar que esse mesmo senhor acha normal o armamento de adolescentes, enquanto luta contra a educação sexual, sociologia, filosofia, e tenta reescrever a história do país. Além disso, chamou os manifestantes do dia 15 de maio, uma resposta aos cortes na educação, de idiotas úteis, uma massa de manobra incapaz de saber a fórmula da água. A sua solução, portanto, para o problema da violência, seria o armamento da população, tirando a pauta da responsabilidade do Estado.
O Brasil é um dos países com maior número de assassinatos por armas de fogo do planeta, é uma das polícias que mais mata e mais morre, casos de assassinatos banais, brigas de trânsito, discussões corriqueiras, feminicídio, homofobia, racismo... Massacres se tornam parte do cotidiano brasileiro e, como saída, o governo propõe armar o cidadão desde cedo, enquanto faz cortes na educação, ameaçando o funcionamento dos institutos federais e das universidades públicas.
A cada gota de sangue, um novo mapa de violência é desenhado, e o futuro do país vai sendo afogado pelo tsunami de ignorância que parece querer varrer o Brasil do século XXI, de volta ao passado.
▪
Texto via @paulokalvo
▪
#seremosresistência #seremosresistencia #forabolsonaro #educação #grevegeral #alutacontinua #bolsonaro #NordesteCancelaBolsonaro #AquiNão #possedearma #resistência #antifa #antifascismo #digitalpaint #illustration #sketch #digitalart #paulokalvo #forabolsonaro #cancelbolsonaro #impeachmentbolsonaro #massacredesuzano #feminicídio #homofobia #racismo #naoaocortedeverbas #bolsonaroidiotainutil #tsunamidaeducação #bolsonaronaomerepresenta #forabozo #odesalienador

  • 8 de maio de 2019, Bolsonaro publica um decreto que facilitaria o acesso às armas para crianças e adolescentes, menos de dois meses após o massacre de Suzano, interior de São Paulo. Neste decreto, não constava a idade mínima.
    Como se tornou comum no (des)governo atual, em 22 de maio, recua e estipula o acesso às armas a partir dos 14 anos com o aval de um dos responsáveis legais. Desde a sua campanha, Bolsonaro fazia abertamente o papel de garoto propaganda da Taurus, fabricante de armas brasileira, empresa que vê os seus lucros subirem dia a dia.
    Interessante pensar que esse mesmo senhor acha normal o armamento de adolescentes, enquanto luta contra a educação sexual, sociologia, filosofia, e tenta reescrever a história do país. Além disso, chamou os manifestantes do dia 15 de maio, uma resposta aos cortes na educação, de idiotas úteis, uma massa de manobra incapaz de saber a fórmula da água. A sua solução, portanto, para o problema da violência, seria o armamento da população, tirando a pauta da responsabilidade do Estado.
    O Brasil é um dos países com maior número de assassinatos por armas de fogo do planeta, é uma das polícias que mais mata e mais morre, casos de assassinatos banais, brigas de trânsito, discussões corriqueiras, feminicídio, homofobia, racismo... Massacres se tornam parte do cotidiano brasileiro e, como saída, o governo propõe armar o cidadão desde cedo, enquanto faz cortes na educação, ameaçando o funcionamento dos institutos federais e das universidades públicas.
    A cada gota de sangue, um novo mapa de violência é desenhado, e o futuro do país vai sendo afogado pelo tsunami de ignorância que parece querer varrer o Brasil do século XXI, de volta ao passado.

    Texto via @paulokalvo

    #seremosresistência #seremosresistencia #forabolsonaro #educação #grevegeral #alutacontinua #bolsonaro #NordesteCancelaBolsonaro #AquiNão #possedearma #resistência #antifa #antifascismo #digitalpaint #illustration #sketch #digitalart #paulokalvo #forabolsonaro #cancelbolsonaro #impeachmentbolsonaro #massacredesuzano #feminicídio #homofobia #racismo #naoaocortedeverbas #bolsonaroidiotainutil #tsunamidaeducação #bolsonaronaomerepresenta #forabozo #odesalienador
  • 10 0 6 hours ago

Advertisements

  • Meu Pai cantavAvisando " quem é Preto como eu já tá ligado qualé, nota fiscal, RG, polícia no pé..." Racionais MC's
Ainda mais no Brasil, aqui no Rio de Janeiro a polícia mata NEGRO de carro com 80 tiros, a "justiça" liberta e segue o baile como se nada tivesse acontecido... Sinto o risco cotidiano, independente de  onde estou... #riodejaneiro #policiamata #afroconfusion #racismo
  • Meu Pai cantavAvisando " quem é Preto como eu já tá ligado qualé, nota fiscal, RG, polícia no pé..." Racionais MC's
    Ainda mais no Brasil, aqui no Rio de Janeiro a polícia mata NEGRO de carro com 80 tiros, a "justiça" liberta e segue o baile como se nada tivesse acontecido... Sinto o risco cotidiano, independente de onde estou... #riodejaneiro #policiamata #afroconfusion #racismo
  • 4 0 7 hours ago
  • Vocês já ouviram falar no Sarau da Onça?!
.
Hoje, marcamos presença em mais uma edição do Slam da Onça, competição de poesia falada, organizada pelo @saraudaonca no bairro de Sussuarana, em Salvador-BA.
O Sarau da Onça, coordenado por @evanilson_alves e @sandrosussuarana, tem uma longa história de atuação popular e defesa dos direitos da juventude negra periférica.
.
Nessa edição, pudemos presenciar, mais uma vez, força da poesia marginal e a sua capacidade de transformar vidas. Esse é mais um espaço de afeto, onde reconhecemos o outro como nosso igual e compartilhamos as nossas vivências enquanto jovens negras e negros em uma sociedade racista.
.
Sem dúvidas, saímos do Sarau da Onça com a bateria recarregada, prontas para mais uma semana na selva de pedra!
Agradecemos o carinho e a atenção de cada pessoa desse projeto incrível e que, há anos, é "o diferencial da favela"!
.
Quer saber mais sobre o Sarau da Onça? Siga a página dessa galera maravilhosa no Instagram e curta no Facebook!
Todos os meses, acontecem edições do Sarau e do Slam da Onça!
Pode chegar, sem medo de ser feliz! O espaço é aberto, democrático! Leve a sua poesia marginal ✊🏿❤️
.
.
.
.
.
#saraudaonça #favela #poesia #poesiamarginal #poeta #povonegro #resistência #sussuarana #salvador #bahia #cenapreta #racismo #negra #negro #juventudenegra #jovemnegrovivo
  • Vocês já ouviram falar no Sarau da Onça?!
    .
    Hoje, marcamos presença em mais uma edição do Slam da Onça, competição de poesia falada, organizada pelo @saraudaonca no bairro de Sussuarana, em Salvador-BA.
    O Sarau da Onça, coordenado por @evanilson_alves e @sandrosussuarana, tem uma longa história de atuação popular e defesa dos direitos da juventude negra periférica.
    .
    Nessa edição, pudemos presenciar, mais uma vez, força da poesia marginal e a sua capacidade de transformar vidas. Esse é mais um espaço de afeto, onde reconhecemos o outro como nosso igual e compartilhamos as nossas vivências enquanto jovens negras e negros em uma sociedade racista.
    .
    Sem dúvidas, saímos do Sarau da Onça com a bateria recarregada, prontas para mais uma semana na selva de pedra!
    Agradecemos o carinho e a atenção de cada pessoa desse projeto incrível e que, há anos, é "o diferencial da favela"!
    .
    Quer saber mais sobre o Sarau da Onça? Siga a página dessa galera maravilhosa no Instagram e curta no Facebook!
    Todos os meses, acontecem edições do Sarau e do Slam da Onça!
    Pode chegar, sem medo de ser feliz! O espaço é aberto, democrático! Leve a sua poesia marginal ✊🏿❤️
    .
    .
    .
    .
    .
    #saraudaonça #favela #poesia #poesiamarginal #poeta #povonegro #resistência #sussuarana #salvador #bahia #cenapreta #racismo #negra #negro #juventudenegra #jovemnegrovivo
  • 29 1 8 hours ago
  • Mulheres crespas e cacheadas têm liberdade para usar o cabelo natural no ambiente de trabalho.
A ideia de que cabelo liso é sinônimo de profissionalismo é uma forma de #racismo. #BomTrabalhoÉ respeitar a diversidade racial.
Via @bomtrabalhopravoce
  • Mulheres crespas e cacheadas têm liberdade para usar o cabelo natural no ambiente de trabalho.
    A ideia de que cabelo liso é sinônimo de profissionalismo é uma forma de #racismo . #BomTrabalhoÉ respeitar a diversidade racial.
    Via @bomtrabalhopravoce
  • 3 0 8 hours ago

Advertisements

  • Mulamba - mulamba .

Eu sou o mastro da bandeira da revolução
Os restos do cavalo de napoleão
Eu sou a brasa que matou joana d'arc
As 5 balas de john lennon, reles cidadão

O lixo humano, escória da sociedade
Sou o que como e quem eu deixo de comer
Nasci do limbo e bailei pra essa cidade
Sou quem dá vida aos monstros que eu quero ter

Você vai lembrar quando eu te olhar lá de cima
Vai reconhecer e vai respeitar minhas cinzas

Eu sou aquilo que ninguém mais acredita
Eu sou a puta, eu sou a santa e a banida
Sou a bravura e os surtos de anita garibaldi
Bandeira baixa ou bandeira que agita

Sou como rua e becos podres da cidade
Eu sou os filhos mal paridos da nação
Sou a coragem até no grito dum covarde
O que não basta, não se estende
Eu sou um furacão

Você vai lembrar quando eu te olhar lá de cima
Vai reconhecer e vai respeitar minhas cinzas

Agora o meu papo vai ser só com a mulherada

Nós não é" saco de boxe
Pra levar tanta porrada
Todo dia umas 10 morrem
Umas 15 são estupradas
For as que ficaram em casa
E por nada são espancadas

Qual que é o teu problema?
É fé pequena ou mente ruim?
Quem foi que te ensinou a tratar
Uma mulher assim?
Agora fica esperto porque a coisa vai mudar
Se for tirar farinha com as mulher
Pode apanhar!

Você vai lembrar quando eu te olhar lá de cima
Vai reconhecer e vai respeitar minhas cinzas .
.

Parceiras da página, acompanhem: 
@andressacremapsicologa
@donnamotors
@mulherdedireitos
@monalisacacheada
@pinappe
.

#repost #feminismo #machismo #racismo #musica #mulamba #empoderamentofeminino #violencia #patriarcado #violenciadegenero
Vídeo @atleticadireitouems
  • Mulamba - mulamba .

    Eu sou o mastro da bandeira da revolução
    Os restos do cavalo de napoleão
    Eu sou a brasa que matou joana d'arc
    As 5 balas de john lennon, reles cidadão

    O lixo humano, escória da sociedade
    Sou o que como e quem eu deixo de comer
    Nasci do limbo e bailei pra essa cidade
    Sou quem dá vida aos monstros que eu quero ter

    Você vai lembrar quando eu te olhar lá de cima
    Vai reconhecer e vai respeitar minhas cinzas

    Eu sou aquilo que ninguém mais acredita
    Eu sou a puta, eu sou a santa e a banida
    Sou a bravura e os surtos de anita garibaldi
    Bandeira baixa ou bandeira que agita

    Sou como rua e becos podres da cidade
    Eu sou os filhos mal paridos da nação
    Sou a coragem até no grito dum covarde
    O que não basta, não se estende
    Eu sou um furacão

    Você vai lembrar quando eu te olhar lá de cima
    Vai reconhecer e vai respeitar minhas cinzas

    Agora o meu papo vai ser só com a mulherada

    Nós não é" saco de boxe
    Pra levar tanta porrada
    Todo dia umas 10 morrem
    Umas 15 são estupradas
    For as que ficaram em casa
    E por nada são espancadas

    Qual que é o teu problema?
    É fé pequena ou mente ruim?
    Quem foi que te ensinou a tratar
    Uma mulher assim?
    Agora fica esperto porque a coisa vai mudar
    Se for tirar farinha com as mulher
    Pode apanhar!

    Você vai lembrar quando eu te olhar lá de cima
    Vai reconhecer e vai respeitar minhas cinzas .
    .

    Parceiras da página, acompanhem:
    @andressacremapsicologa
    @donnamotors
    @mulherdedireitos
    @monalisacacheada
    @pinappe
    .

    #repost #feminismo #machismo #racismo #musica #mulamba #empoderamentofeminino #violencia #patriarcado #violenciadegenero
    Vídeo @atleticadireitouems
  • 19 1 10 hours ago
  • Mulamba - mulamba .

Eu sou o mastro da bandeira da revolução
Os restos do cavalo de napoleão
Eu sou a brasa que matou joana d'arc
As 5 balas de john lennon, reles cidadão

O lixo humano, escória da sociedade
Sou o que como e quem eu deixo de comer
Nasci do limbo e bailei pra essa cidade
Sou quem dá vida aos monstros que eu quero ter

Você vai lembrar quando eu te olhar lá de cima
Vai reconhecer e vai respeitar minhas cinzas

Eu sou aquilo que ninguém mais acredita
Eu sou a puta, eu sou a santa e a banida
Sou a bravura e os surtos de anita garibaldi
Bandeira baixa ou bandeira que agita

Sou como rua e becos podres da cidade
Eu sou os filhos mal paridos da nação
Sou a coragem até no grito dum covarde
O que não basta, não se estende
Eu sou um furacão

Você vai lembrar quando eu te olhar lá de cima
Vai reconhecer e vai respeitar minhas cinzas

Agora o meu papo vai ser só com a mulherada

Nós não é" saco de boxe
Pra levar tanta porrada
Todo dia umas 10 morrem
Umas 15 são estupradas
For as que ficaram em casa
E por nada são espancadas

Qual que é o teu problema?
É fé pequena ou mente ruim?
Quem foi que te ensinou a tratar
Uma mulher assim?
Agora fica esperto porque a coisa vai mudar
Se for tirar farinha com as mulher
Pode apanhar!

Você vai lembrar quando eu te olhar lá de cima
Vai reconhecer e vai respeitar minhas cinzas .
.

Parceiras da página, acompanhem: 
@andressacremapsicologa
@donnamotors
@mulherdedireitos
@monalisacacheada
@pinappe
.

#feminismo #machismo #racismo #musica #mulamba #empoderamentofeminino #violencia #patriarcado #violenciadegenero
Vídeo @atleticadireitouems
@mulheres.historicas
  • Mulamba - mulamba .

    Eu sou o mastro da bandeira da revolução
    Os restos do cavalo de napoleão
    Eu sou a brasa que matou joana d'arc
    As 5 balas de john lennon, reles cidadão

    O lixo humano, escória da sociedade
    Sou o que como e quem eu deixo de comer
    Nasci do limbo e bailei pra essa cidade
    Sou quem dá vida aos monstros que eu quero ter

    Você vai lembrar quando eu te olhar lá de cima
    Vai reconhecer e vai respeitar minhas cinzas

    Eu sou aquilo que ninguém mais acredita
    Eu sou a puta, eu sou a santa e a banida
    Sou a bravura e os surtos de anita garibaldi
    Bandeira baixa ou bandeira que agita

    Sou como rua e becos podres da cidade
    Eu sou os filhos mal paridos da nação
    Sou a coragem até no grito dum covarde
    O que não basta, não se estende
    Eu sou um furacão

    Você vai lembrar quando eu te olhar lá de cima
    Vai reconhecer e vai respeitar minhas cinzas

    Agora o meu papo vai ser só com a mulherada

    Nós não é" saco de boxe
    Pra levar tanta porrada
    Todo dia umas 10 morrem
    Umas 15 são estupradas
    For as que ficaram em casa
    E por nada são espancadas

    Qual que é o teu problema?
    É fé pequena ou mente ruim?
    Quem foi que te ensinou a tratar
    Uma mulher assim?
    Agora fica esperto porque a coisa vai mudar
    Se for tirar farinha com as mulher
    Pode apanhar!

    Você vai lembrar quando eu te olhar lá de cima
    Vai reconhecer e vai respeitar minhas cinzas .
    .

    Parceiras da página, acompanhem:
    @andressacremapsicologa
    @donnamotors
    @mulherdedireitos
    @monalisacacheada
    @pinappe
    .

    #feminismo #machismo #racismo #musica #mulamba #empoderamentofeminino #violencia #patriarcado #violenciadegenero
    Vídeo @atleticadireitouems
    @mulheres.historicas
  • 8 0 10 hours ago
  • Durante la película Disney "Dumbo", es posible apreciar en una de sus diferentes escenas a una banda de cuervos, en ella encontramos que el líder que se llama "Jim Crow", siendo este el nombre que se le dio a las leyes estatales y locales en Estados Unidos que promulgaban la segregación racial en cualquier lugar público, bajo el lema de "Separados pero Iguales". Además, estos personajes dan a entender ser pobres y poco educados, usando una jerga y lengua vernácula negra mientras se llaman entre ellos "brotha" en lugar de "brother", que quiere decir hermano. A su vez, los cuervos interpretan la canción titulada "Un Elefante Volar" en un inglés propio de una persona sin educación, siendo esto una referencia insultante a los afroestadounidenses. Tanto las escenas como la canción, han sido objeto de múltiples análisis y se ha desarrollado que estaban llenos de estereotipos raciales hacia los afrodecendientes de Estados Unidos. Incluso se eliminó el audio original en la versión de 70 aniversarios de la cinta para agregar uno sin tanto contenido racial. #disney #peliculadisney #disneyfilm #clasicodisney #disneyclassic #dumbo #cuervos #crows #jimcrow #racismo #racism #afroestadounidenses #afrodecendientes #africanamericans #afrodescendants #eeuu🇺🇸 #1941 #fanaticodisney #curiosidaddisney
  • Durante la película Disney "Dumbo", es posible apreciar en una de sus diferentes escenas a una banda de cuervos, en ella encontramos que el líder que se llama "Jim Crow", siendo este el nombre que se le dio a las leyes estatales y locales en Estados Unidos que promulgaban la segregación racial en cualquier lugar público, bajo el lema de "Separados pero Iguales". Además, estos personajes dan a entender ser pobres y poco educados, usando una jerga y lengua vernácula negra mientras se llaman entre ellos "brotha" en lugar de "brother", que quiere decir hermano. A su vez, los cuervos interpretan la canción titulada "Un Elefante Volar" en un inglés propio de una persona sin educación, siendo esto una referencia insultante a los afroestadounidenses. Tanto las escenas como la canción, han sido objeto de múltiples análisis y se ha desarrollado que estaban llenos de estereotipos raciales hacia los afrodecendientes de Estados Unidos. Incluso se eliminó el audio original en la versión de 70 aniversarios de la cinta para agregar uno sin tanto contenido racial. #disney #peliculadisney #disneyfilm #clasicodisney #disneyclassic #dumbo #cuervos #crows #jimcrow #racismo #racism #afroestadounidenses #afrodecendientes #africanamericans #afrodescendants #eeuu 🇺🇸 #1941 #fanaticodisney #curiosidaddisney
  • 9 0 10 hours ago

Advertisements

  • #NOALRACISMO #NoAlBlackFace #NoRacism 
El video es fuerte pero es la realidad.
LA MACABRA VERDAD DETRÁS DEL 25 de MAYO!!Primero que nada gracias a @diafar_argpor el video y por concientizar a las personas sobre la realidad y la importancia de NO olvidar la verdadera cara de la historia Argentina. 
Aquí va mi reflexión: 
NO CREAN LAS HISTORIAS DE LOS ACTOS ESCOLARES POR EL 25 DE MAYO, DONDE SUPUESTAMENTE LOS “NEGROS” FESTEJABAN VENDIENDO PASTELITOS Y CELEBRANDO EL DÍA DE LA PATRIA. 
LA CANTIDAD DE PERSONAS ASESINADAS Y VIOLADAS Y VENDIDAS COMO ESCLAVOS ES ABERRANTE. 
TODO BIEN CON CELEBRAR ESTE DÍA PERO NO SEAMOS IGNORANTES DE LA REALIDAD EN LA HISTORIA ARGENTINA. ••••••••••••••••••••••••••••••••••
#Repost .

El 25 de Mayo se festeja en Argentina el Día de la Patria. Una de las pocas fechas donde se habla y se "representa" a la comunidad afroargentina en discursos, actos, y demás espacios; siempre en términos pasados y de forma ofensiva. También es de las pocas veces en que se habla de la esclavitud en el país y se muestra como algo benigno.
La tradición de pintar la cara de negro, con corcho quemado, es algo que se naturalizó y continúa siendo moneda corriente en los actos escolares. Lo que simboliza esto es realmente devastador para nuestra comunidad porque refuerza la idea de que no existimos, y que para existir sólo podría ser cumpliendo con ese patrón.
Repudiamos estas acciones e incentivamos a realizar un relato completo de la historia. Por más memoria.

#DIAFAR
#Afroreparaciones
#25DeMayo #25M
#DiaDeLaPatria #Patria
#Afroargentinos #Afroargentinas
#ComunidadAfroargentina
#Afrodescendientes #Afro
#ArgentinaNegra 
#Historia #Memoria #Negrxs
 #Racismo
#Esclavitud
  • #NOALRACISMO #NoAlBlackFace #NoRacism
    El video es fuerte pero es la realidad.
    LA MACABRA VERDAD DETRÁS DEL 25 de MAYO!!Primero que nada gracias a @diafar_argpor el video y por concientizar a las personas sobre la realidad y la importancia de NO olvidar la verdadera cara de la historia Argentina.
    Aquí va mi reflexión:
    NO CREAN LAS HISTORIAS DE LOS ACTOS ESCOLARES POR EL 25 DE MAYO, DONDE SUPUESTAMENTE LOS “NEGROS” FESTEJABAN VENDIENDO PASTELITOS Y CELEBRANDO EL DÍA DE LA PATRIA.
    LA CANTIDAD DE PERSONAS ASESINADAS Y VIOLADAS Y VENDIDAS COMO ESCLAVOS ES ABERRANTE.
    TODO BIEN CON CELEBRAR ESTE DÍA PERO NO SEAMOS IGNORANTES DE LA REALIDAD EN LA HISTORIA ARGENTINA. ••••••••••••••••••••••••••••••••••
    #Repost .

    El 25 de Mayo se festeja en Argentina el Día de la Patria. Una de las pocas fechas donde se habla y se "representa" a la comunidad afroargentina en discursos, actos, y demás espacios; siempre en términos pasados y de forma ofensiva. También es de las pocas veces en que se habla de la esclavitud en el país y se muestra como algo benigno.
    La tradición de pintar la cara de negro, con corcho quemado, es algo que se naturalizó y continúa siendo moneda corriente en los actos escolares. Lo que simboliza esto es realmente devastador para nuestra comunidad porque refuerza la idea de que no existimos, y que para existir sólo podría ser cumpliendo con ese patrón.
    Repudiamos estas acciones e incentivamos a realizar un relato completo de la historia. Por más memoria.

    #DIAFAR
    #Afroreparaciones
    #25DeMayo #25M
    #DiaDeLaPatria #Patria
    #Afroargentinos #Afroargentinas
    #ComunidadAfroargentina
    #Afrodescendientes #Afro
    #ArgentinaNegra
    #Historia #Memoria #Negrxs
    #Racismo
    #Esclavitud
  • 13 0 11 hours ago
  • #Repost @mulheres.historicas (@get_repost)
・・・
Mulamba - mulamba .

Eu sou o mastro da bandeira da revolução
Os restos do cavalo de napoleão
Eu sou a brasa que matou joana d'arc
As 5 balas de john lennon, reles cidadão

O lixo humano, escória da sociedade
Sou o que como e quem eu deixo de comer
Nasci do limbo e bailei pra essa cidade
Sou quem dá vida aos monstros que eu quero ter

Você vai lembrar quando eu te olhar lá de cima
Vai reconhecer e vai respeitar minhas cinzas

Eu sou aquilo que ninguém mais acredita
Eu sou a puta, eu sou a santa e a banida
Sou a bravura e os surtos de anita garibaldi
Bandeira baixa ou bandeira que agita

Sou como rua e becos podres da cidade
Eu sou os filhos mal paridos da nação
Sou a coragem até no grito dum covarde
O que não basta, não se estende
Eu sou um furacão

Você vai lembrar quando eu te olhar lá de cima
Vai reconhecer e vai respeitar minhas cinzas

Agora o meu papo vai ser só com a mulherada

ós não é" saco de boxe
Pra levar tanta porrada
Todo dia umas 10 morrem
Umas 15 são estupradas
For as que ficaram em casa
E por nada são espancadas

Qual que é o teu problema?
É fé pequena ou mente ruim?
Quem foi que te ensinou a tratar
Uma mulher assim?
Agora fica esperto porque a coisa vai mudar
Se for tirar farinha com as mulher
Pode apanhar!

Você vai lembrar quando eu te olhar lá de cima
Vai reconhecer e vai respeitar minhas cinzas .
.

Parceiras da página, acompanhem: 
@andressacremapsicologa
@donnamotors
@mulherdedireitos
@monalisacacheada
@pinappe
.

#feminismo #machismo #racismo #musica #mulamba #empoderamentofeminino #violencia #patriarcado #violenciadegenero
Vídeo @atleticadireitouems
  • #Repost @mulheres.historicas (@get_repost)
    ・・・
    Mulamba - mulamba .

    Eu sou o mastro da bandeira da revolução
    Os restos do cavalo de napoleão
    Eu sou a brasa que matou joana d'arc
    As 5 balas de john lennon, reles cidadão

    O lixo humano, escória da sociedade
    Sou o que como e quem eu deixo de comer
    Nasci do limbo e bailei pra essa cidade
    Sou quem dá vida aos monstros que eu quero ter

    Você vai lembrar quando eu te olhar lá de cima
    Vai reconhecer e vai respeitar minhas cinzas

    Eu sou aquilo que ninguém mais acredita
    Eu sou a puta, eu sou a santa e a banida
    Sou a bravura e os surtos de anita garibaldi
    Bandeira baixa ou bandeira que agita

    Sou como rua e becos podres da cidade
    Eu sou os filhos mal paridos da nação
    Sou a coragem até no grito dum covarde
    O que não basta, não se estende
    Eu sou um furacão

    Você vai lembrar quando eu te olhar lá de cima
    Vai reconhecer e vai respeitar minhas cinzas

    Agora o meu papo vai ser só com a mulherada

    ós não é" saco de boxe
    Pra levar tanta porrada
    Todo dia umas 10 morrem
    Umas 15 são estupradas
    For as que ficaram em casa
    E por nada são espancadas

    Qual que é o teu problema?
    É fé pequena ou mente ruim?
    Quem foi que te ensinou a tratar
    Uma mulher assim?
    Agora fica esperto porque a coisa vai mudar
    Se for tirar farinha com as mulher
    Pode apanhar!

    Você vai lembrar quando eu te olhar lá de cima
    Vai reconhecer e vai respeitar minhas cinzas .
    .

    Parceiras da página, acompanhem:
    @andressacremapsicologa
    @donnamotors
    @mulherdedireitos
    @monalisacacheada
    @pinappe
    .

    #feminismo #machismo #racismo #musica #mulamba #empoderamentofeminino #violencia #patriarcado #violenciadegenero
    Vídeo @atleticadireitouems
  • 18 0 12 hours ago

Advertisements

  • #Repost @mulheres.historicas (@get_repost)
・・・
Mulamba - mulamba .

Eu sou o mastro da bandeira da revolução
Os restos do cavalo de napoleão
Eu sou a brasa que matou joana d'arc
As 5 balas de john lennon, reles cidadão

O lixo humano, escória da sociedade
Sou o que como e quem eu deixo de comer
Nasci do limbo e bailei pra essa cidade
Sou quem dá vida aos monstros que eu quero ter

Você vai lembrar quando eu te olhar lá de cima
Vai reconhecer e vai respeitar minhas cinzas

Eu sou aquilo que ninguém mais acredita
Eu sou a puta, eu sou a santa e a banida
Sou a bravura e os surtos de anita garibaldi
Bandeira baixa ou bandeira que agita

Sou como rua e becos podres da cidade
Eu sou os filhos mal paridos da nação
Sou a coragem até no grito dum covarde
O que não basta, não se estende
Eu sou um furacão

Você vai lembrar quando eu te olhar lá de cima
Vai reconhecer e vai respeitar minhas cinzas

Agora o meu papo vai ser só com a mulherada

ós não é" saco de boxe
Pra levar tanta porrada
Todo dia umas 10 morrem
Umas 15 são estupradas
For as que ficaram em casa
E por nada são espancadas

Qual que é o teu problema?
É fé pequena ou mente ruim?
Quem foi que te ensinou a tratar
Uma mulher assim?
Agora fica esperto porque a coisa vai mudar
Se for tirar farinha com as mulher
Pode apanhar!

Você vai lembrar quando eu te olhar lá de cima
Vai reconhecer e vai respeitar minhas cinzas .
.

Parceiras da página, acompanhem: 
@andressacremapsicologa
@donnamotors
@mulherdedireitos
@monalisacacheada
@pinappe
.

#feminismo #machismo #racismo #musica #mulamba #empoderamentofeminino #violencia #patriarcado #violenciadegenero
Vídeo @atleticadireitouems
  • #Repost @mulheres.historicas (@get_repost)
    ・・・
    Mulamba - mulamba .

    Eu sou o mastro da bandeira da revolução
    Os restos do cavalo de napoleão
    Eu sou a brasa que matou joana d'arc
    As 5 balas de john lennon, reles cidadão

    O lixo humano, escória da sociedade
    Sou o que como e quem eu deixo de comer
    Nasci do limbo e bailei pra essa cidade
    Sou quem dá vida aos monstros que eu quero ter

    Você vai lembrar quando eu te olhar lá de cima
    Vai reconhecer e vai respeitar minhas cinzas

    Eu sou aquilo que ninguém mais acredita
    Eu sou a puta, eu sou a santa e a banida
    Sou a bravura e os surtos de anita garibaldi
    Bandeira baixa ou bandeira que agita

    Sou como rua e becos podres da cidade
    Eu sou os filhos mal paridos da nação
    Sou a coragem até no grito dum covarde
    O que não basta, não se estende
    Eu sou um furacão

    Você vai lembrar quando eu te olhar lá de cima
    Vai reconhecer e vai respeitar minhas cinzas

    Agora o meu papo vai ser só com a mulherada

    ós não é" saco de boxe
    Pra levar tanta porrada
    Todo dia umas 10 morrem
    Umas 15 são estupradas
    For as que ficaram em casa
    E por nada são espancadas

    Qual que é o teu problema?
    É fé pequena ou mente ruim?
    Quem foi que te ensinou a tratar
    Uma mulher assim?
    Agora fica esperto porque a coisa vai mudar
    Se for tirar farinha com as mulher
    Pode apanhar!

    Você vai lembrar quando eu te olhar lá de cima
    Vai reconhecer e vai respeitar minhas cinzas .
    .

    Parceiras da página, acompanhem:
    @andressacremapsicologa
    @donnamotors
    @mulherdedireitos
    @monalisacacheada
    @pinappe
    .

    #feminismo #machismo #racismo #musica #mulamba #empoderamentofeminino #violencia #patriarcado #violenciadegenero
    Vídeo @atleticadireitouems
  • 34 2 12 hours ago
  • Mulamba - mulamba .

Eu sou o mastro da bandeira da revolução
Os restos do cavalo de napoleão
Eu sou a brasa que matou joana d'arc
As 5 balas de john lennon, reles cidadão

O lixo humano, escória da sociedade
Sou o que como e quem eu deixo de comer
Nasci do limbo e bailei pra essa cidade
Sou quem dá vida aos monstros que eu quero ter

Você vai lembrar quando eu te olhar lá de cima
Vai reconhecer e vai respeitar minhas cinzas

Eu sou aquilo que ninguém mais acredita
Eu sou a puta, eu sou a santa e a banida
Sou a bravura e os surtos de anita garibaldi
Bandeira baixa ou bandeira que agita

Sou como rua e becos podres da cidade
Eu sou os filhos mal paridos da nação
Sou a coragem até no grito dum covarde
O que não basta, não se estende
Eu sou um furacão

Você vai lembrar quando eu te olhar lá de cima
Vai reconhecer e vai respeitar minhas cinzas

Agora o meu papo vai ser só com a mulherada

Nós não é" saco de boxe
Pra levar tanta porrada
Todo dia umas 10 morrem
Umas 15 são estupradas
For as que ficaram em casa
E por nada são espancadas

Qual que é o teu problema?
É fé pequena ou mente ruim?
Quem foi que te ensinou a tratar
Uma mulher assim?
Agora fica esperto porque a coisa vai mudar
Se for tirar farinha com as mulher
Pode apanhar!

Você vai lembrar quando eu te olhar lá de cima
Vai reconhecer e vai respeitar minhas cinzas .
.

Parceiras da página, acompanhem: 
@andressacremapsicologa
@donnamotors
@mulherdedireitos
@monalisacacheada
@pinappe
.

#feminismo #machismo #racismo #musica #mulamba #empoderamentofeminino #violencia #patriarcado #violenciadegenero
Vídeo @atleticadireitouems
  • Mulamba - mulamba .

    Eu sou o mastro da bandeira da revolução
    Os restos do cavalo de napoleão
    Eu sou a brasa que matou joana d'arc
    As 5 balas de john lennon, reles cidadão

    O lixo humano, escória da sociedade
    Sou o que como e quem eu deixo de comer
    Nasci do limbo e bailei pra essa cidade
    Sou quem dá vida aos monstros que eu quero ter

    Você vai lembrar quando eu te olhar lá de cima
    Vai reconhecer e vai respeitar minhas cinzas

    Eu sou aquilo que ninguém mais acredita
    Eu sou a puta, eu sou a santa e a banida
    Sou a bravura e os surtos de anita garibaldi
    Bandeira baixa ou bandeira que agita

    Sou como rua e becos podres da cidade
    Eu sou os filhos mal paridos da nação
    Sou a coragem até no grito dum covarde
    O que não basta, não se estende
    Eu sou um furacão

    Você vai lembrar quando eu te olhar lá de cima
    Vai reconhecer e vai respeitar minhas cinzas

    Agora o meu papo vai ser só com a mulherada

    Nós não é" saco de boxe
    Pra levar tanta porrada
    Todo dia umas 10 morrem
    Umas 15 são estupradas
    For as que ficaram em casa
    E por nada são espancadas

    Qual que é o teu problema?
    É fé pequena ou mente ruim?
    Quem foi que te ensinou a tratar
    Uma mulher assim?
    Agora fica esperto porque a coisa vai mudar
    Se for tirar farinha com as mulher
    Pode apanhar!

    Você vai lembrar quando eu te olhar lá de cima
    Vai reconhecer e vai respeitar minhas cinzas .
    .

    Parceiras da página, acompanhem:
    @andressacremapsicologa
    @donnamotors
    @mulherdedireitos
    @monalisacacheada
    @pinappe
    .

    #feminismo #machismo #racismo #musica #mulamba #empoderamentofeminino #violencia #patriarcado #violenciadegenero
    Vídeo @atleticadireitouems
  • 11,811 223 12 hours ago
  • A) Parente não é família;
B) "perdoar a todos" é um dogma religioso. Você pode escolher seguir ou não de acordo com suas crenças pessoais.
Reflita sobre os custos e os benefícios de manter relações com pessoas te fazem mal. Mas, principalmente, reflita sobre o que te mantém nessas relações.
Torço para que você faça  boas escolhas com as quais você possa conviver em paz.
#saúdemental #populaçãonegra #racismo #psicologia #psiquiatria #clínica #morte #luto
  • A) Parente não é família;
    B) "perdoar a todos" é um dogma religioso. Você pode escolher seguir ou não de acordo com suas crenças pessoais.
    Reflita sobre os custos e os benefícios de manter relações com pessoas te fazem mal. Mas, principalmente, reflita sobre o que te mantém nessas relações.
    Torço para que você faça boas escolhas com as quais você possa conviver em paz.
    #saúdemental #populaçãonegra #racismo #psicologia #psiquiatria #clínica #morte #luto
  • 598 22 13 hours ago
  • O AUGE da semana é ver branco zoando a Djamila Ribeiro... viado a que ponto chegamos?

O Jornal Racial quer saber qual sua opinião sobre essa charge chamando a mana de capitã? ? Ousado? Racista? Merecido? Branquisse? 
Comentem

#Racismo
#Djamila
#BeijosdeParis
#JornalRacial
  • O AUGE da semana é ver branco zoando a Djamila Ribeiro... viado a que ponto chegamos?

    O Jornal Racial quer saber qual sua opinião sobre essa charge chamando a mana de capitã? ? Ousado? Racista? Merecido? Branquisse?
    Comentem

    #Racismo
    #Djamila
    #BeijosdeParis
    #JornalRacial
  • 55 8 14 hours ago
  • "Esse índio quer se comemora no dia 19 de abril não existe", escritor e pós-doutor em Linguística, Daniel Mundukuru. Segundo ele, a palavra índio massifica povos e culturas únicas dos povos indígenas brasileiros. Atualmente, o Brasil tem 305 povos que não são levados em consideração, simplesmente esmagados na palavra "índio". #FLIG #FestaLiteráriadeGuaratinguetá #estereotipos #racismo #diversidade
  • "Esse índio quer se comemora no dia 19 de abril não existe", escritor e pós-doutor em Linguística, Daniel Mundukuru. Segundo ele, a palavra índio massifica povos e culturas únicas dos povos indígenas brasileiros. Atualmente, o Brasil tem 305 povos que não são levados em consideração, simplesmente esmagados na palavra "índio". #FLIG #FestaLiteráriadeGuaratinguetá #estereotipos #racismo #diversidade
  • 4 0 14 hours ago
  • Racismo aqui não!!!. Orgulho de ser negra e ter filhos brancos.
  • Racismo aqui não!!!. Orgulho de ser negra e ter filhos brancos.
  • 39 5 14 hours ago
  • A (DES)SENSIBILIZAÇÃO SOCIAL DO NOSSO OLHAR
 Cena 1: Chego ao prédio onde vai ocorrer uma série de palestras direcionadas a médicos e acadêmicos de Medicina. Me deparo com a faxineira: uma jovem, negra, educada,com um cabelo encaracolado que me impressiona pela definição dos cachos(até pensei em perguntar qual creme ela usou). Pergunto qual o andar do evento, ela responde e eu pego o elevador.
.
 Cena 2: Chego ao local, espero o evento se iniciar. Durante as palestras e mesas redondas, algo chama minha atenção: entre os vários médicos especialistas que conduzem o momento não há nenhum negro, e nenhuma mulher também. Olho pra trás, e felizmente constato que há várias mulheres na plateia. Infelizmente não posso dizer o mesmo sobre a presença do público negro no espaço.Entre os espectadores, compostos por médicos e universitários do curso de medicina, há apenas 2 negros presentes. 
A culpa dessa desigualdade não é dos organizadores, nem dos palestrantes do evento. Essa discrepância racial, entretanto, não pode ser ignorada por nós no nosso cotidiano. A falta de negros nesse tipo de ambiente é um dos sintomas do adoecimento social da desigualdade, ainda muito presente no nosso país. . 
Desde sempre ouvimos falar sobre racismo, e sobre como a população negra ainda ocupa a maioria dos cargos de baixo salário e de posição social desfavorecida. Isso é um problema, que se agrava ainda mais quando nos acostumamos tanto a esse tipo de coisa, que situações como a que presenciei hoje não nos causam incômodo.
.
 Até uns anos atrás, provavelmente se eu fosse pra um evento desses, eu assistiria as palestras e voltaria pra casa sem essa percepção, com um olhar “adaptado” a essa amostra de desigualdade.
.
 Num país miscigenado como o Brasil, em que grande parte da população é composta por negros, precisamos ter em mente que, se eles não se encontram representados na comunidade médica, científica, de engenharia e pesquisadores em geral, mas representam a quase totalidade de trabalhadores nas profissões mal remuneradas que não exigem ensino superior, há algo MUITO errado. Precisamos nos incomodar com isso, e lutar por justiça social. #desigualdade #racismo
  • A (DES)SENSIBILIZAÇÃO SOCIAL DO NOSSO OLHAR
    Cena 1: Chego ao prédio onde vai ocorrer uma série de palestras direcionadas a médicos e acadêmicos de Medicina. Me deparo com a faxineira: uma jovem, negra, educada,com um cabelo encaracolado que me impressiona pela definição dos cachos(até pensei em perguntar qual creme ela usou). Pergunto qual o andar do evento, ela responde e eu pego o elevador.
    .
    Cena 2: Chego ao local, espero o evento se iniciar. Durante as palestras e mesas redondas, algo chama minha atenção: entre os vários médicos especialistas que conduzem o momento não há nenhum negro, e nenhuma mulher também. Olho pra trás, e felizmente constato que há várias mulheres na plateia. Infelizmente não posso dizer o mesmo sobre a presença do público negro no espaço.Entre os espectadores, compostos por médicos e universitários do curso de medicina, há apenas 2 negros presentes.
    A culpa dessa desigualdade não é dos organizadores, nem dos palestrantes do evento. Essa discrepância racial, entretanto, não pode ser ignorada por nós no nosso cotidiano. A falta de negros nesse tipo de ambiente é um dos sintomas do adoecimento social da desigualdade, ainda muito presente no nosso país. .
    Desde sempre ouvimos falar sobre racismo, e sobre como a população negra ainda ocupa a maioria dos cargos de baixo salário e de posição social desfavorecida. Isso é um problema, que se agrava ainda mais quando nos acostumamos tanto a esse tipo de coisa, que situações como a que presenciei hoje não nos causam incômodo.
    .
    Até uns anos atrás, provavelmente se eu fosse pra um evento desses, eu assistiria as palestras e voltaria pra casa sem essa percepção, com um olhar “adaptado” a essa amostra de desigualdade.
    .
    Num país miscigenado como o Brasil, em que grande parte da população é composta por negros, precisamos ter em mente que, se eles não se encontram representados na comunidade médica, científica, de engenharia e pesquisadores em geral, mas representam a quase totalidade de trabalhadores nas profissões mal remuneradas que não exigem ensino superior, há algo MUITO errado. Precisamos nos incomodar com isso, e lutar por justiça social. #desigualdade #racismo
  • 7 1 15 hours ago
  • ¿QUÉ ES EL BLACKFACE Y POR QUÉ NO VA MÁS?
Cada 25 de mayo, la historia se repite: en la representación de los hechos de la Revolución de Mayo, la negritud, cuando aparece, sólo lo hace como servidumbre romantizada y feliz. A lxs niñxs se les pinta la cara con corcho quemado para actuar el menú acotado en el que la escuela y la historia oficial tienen confinada a la comunidad afro: mazamorrera, vendedora de pastelitos o farolero. En conversación con @suplementosoy, activistas, docentes y adultxs que recuerdan sus años escolares revisan la educación racista que supimos recibir y proponen alternativas para celebrar la efeméride nacional sin perpetuar las figuras de la esclavitud.
Leé la nota completa de Adriana Carrasco en @pagina12
Foto: @freiredelink | @suplementosoy #racismo #25demayo #blackface
  • ¿QUÉ ES EL BLACKFACE Y POR QUÉ NO VA MÁS?
    Cada 25 de mayo, la historia se repite: en la representación de los hechos de la Revolución de Mayo, la negritud, cuando aparece, sólo lo hace como servidumbre romantizada y feliz. A lxs niñxs se les pinta la cara con corcho quemado para actuar el menú acotado en el que la escuela y la historia oficial tienen confinada a la comunidad afro: mazamorrera, vendedora de pastelitos o farolero. En conversación con @suplementosoy, activistas, docentes y adultxs que recuerdan sus años escolares revisan la educación racista que supimos recibir y proponen alternativas para celebrar la efeméride nacional sin perpetuar las figuras de la esclavitud.
    Leé la nota completa de Adriana Carrasco en @pagina12
    Foto: @freiredelink | @suplementosoy #racismo #25demayo #blackface
  • 2,526 80 16 hours ago
  • #99racista Recentemente um motorista da @voude99 foi flagrado sendo homofóbico contra o @spartakus durante uma tentativa de pegar uma corrida. 
ㅤ ㅤ
Ontem à noite eu estava na estação de metrô Colégio, chamei um @voude99 para ir na casa de uma amiga. O motorista aceitou a corrida, previsão de 4 minutos, aguardei. O mesmo ao se aproximar viu eu acenando e em seguida arrancou com o carro. 
ㅤ ㅤ
Não existia absolutamente nada que justificasse esse ato dele, a não ser a cor da minha pele. 
ㅤ ㅤ
Do meu lado, tinha um casal de brancos que também estava esperando um motorista de app de viagens, que ao presenciar aquela cena ficaram com um olhar de questionamento tentando entender o porque daquilo. E eu sabia bem o porque daquilo, sei o porque disso todos os dias.
ㅤ ㅤ
A cor da minha pele faz viagens serem canceladas, faz eu ser perseguido dentro das lojas, faz com que sejamos mortos dentro de mercados, faz com que sejamos expulsos de bancos...
ㅤ ㅤ
Não é fácil ser preto no Brasil, mas nunca vou abaixar a cabeça, nunca abaixe a cabeça, vamos nos erguer, vamos combater isso todos os dias. Nós somos mais fortes que o racismo. 
ㅤ ㅤ
E @voude99, banir motorista é pouco, vai muito além disso.

Via @carioquicenegra

#carioquicenegra #racismo #naovaonoscalar #99racista #injuriaracial
  • #99racista Recentemente um motorista da @voude99 foi flagrado sendo homofóbico contra o @spartakus durante uma tentativa de pegar uma corrida.
    ㅤ ㅤ
    Ontem à noite eu estava na estação de metrô Colégio, chamei um @voude99 para ir na casa de uma amiga. O motorista aceitou a corrida, previsão de 4 minutos, aguardei. O mesmo ao se aproximar viu eu acenando e em seguida arrancou com o carro.
    ㅤ ㅤ
    Não existia absolutamente nada que justificasse esse ato dele, a não ser a cor da minha pele.
    ㅤ ㅤ
    Do meu lado, tinha um casal de brancos que também estava esperando um motorista de app de viagens, que ao presenciar aquela cena ficaram com um olhar de questionamento tentando entender o porque daquilo. E eu sabia bem o porque daquilo, sei o porque disso todos os dias.
    ㅤ ㅤ
    A cor da minha pele faz viagens serem canceladas, faz eu ser perseguido dentro das lojas, faz com que sejamos mortos dentro de mercados, faz com que sejamos expulsos de bancos...
    ㅤ ㅤ
    Não é fácil ser preto no Brasil, mas nunca vou abaixar a cabeça, nunca abaixe a cabeça, vamos nos erguer, vamos combater isso todos os dias. Nós somos mais fortes que o racismo.
    ㅤ ㅤ
    E @voude99, banir motorista é pouco, vai muito além disso.

    Via @carioquicenegra

    #carioquicenegra #racismo #naovaonoscalar #99racista #injuriaracial
  • 2,451 52 16 hours ago
  • ~~ O Ministério da Saúde resolveu "abolir" a coordenação do programa de atenção integral às pessoas com Doença Falciforme, inclusive seu comitê técnico. A política pública de saúde que mais deu certo neste país, voltada para Anemia Falciforme (doença genética de maior prevalência no Brasil e no mundo). Política esta que em menos de vinte anos conseguiu acabar com a mortandade de bebês e crianças até cinco anos, que deu segurança de vida, qualidade de vida, e que permitiu que aqueles, que morreriam na primeira infância se tornassem jovens, adultos produtivos, estudiosos, capazes e felizes. Chegamos ao ponto da CURA TOTAL através do Transplante de Medula Óssea (TMO). E aí vem um "GOVERNO" TOTALMENTE DESPREPARADO e por ignorância total resolve que, A Anemia Falciforme é uma DOENÇA RARA e extingue a coordenação. Sabem o nome disso? São três nomes: IGNORÂNCIA, CRUELDADE e RACISMO. Racismo absoluto! A grande maioria de pessoas com doença falciforme, está associada a descendência africana. O governo Bolsonaro não está fechando um departamento de serviço público, está é condenando a morte e a dores infindáveis de uma parcela IMENSA da população. Racismo Institucional escancarado!!!! Então Brasil, VAI TER LUTA SIM!!! .
.
.
. 
#doençafalciforme #lutaouluto🌙 #anemiafalciforme #meialua #governodespreparado #vaiterluta #racismo #vamosvencer
  • ~~ O Ministério da Saúde resolveu "abolir" a coordenação do programa de atenção integral às pessoas com Doença Falciforme, inclusive seu comitê técnico. A política pública de saúde que mais deu certo neste país, voltada para Anemia Falciforme (doença genética de maior prevalência no Brasil e no mundo). Política esta que em menos de vinte anos conseguiu acabar com a mortandade de bebês e crianças até cinco anos, que deu segurança de vida, qualidade de vida, e que permitiu que aqueles, que morreriam na primeira infância se tornassem jovens, adultos produtivos, estudiosos, capazes e felizes. Chegamos ao ponto da CURA TOTAL através do Transplante de Medula Óssea (TMO). E aí vem um "GOVERNO" TOTALMENTE DESPREPARADO e por ignorância total resolve que, A Anemia Falciforme é uma DOENÇA RARA e extingue a coordenação. Sabem o nome disso? São três nomes: IGNORÂNCIA, CRUELDADE e RACISMO. Racismo absoluto! A grande maioria de pessoas com doença falciforme, está associada a descendência africana. O governo Bolsonaro não está fechando um departamento de serviço público, está é condenando a morte e a dores infindáveis de uma parcela IMENSA da população. Racismo Institucional escancarado!!!! Então Brasil, VAI TER LUTA SIM!!! .
    .
    .
    .
    #doençafalciforme #lutaouluto 🌙 #anemiafalciforme #meialua #governodespreparado #vaiterluta #racismo #vamosvencer
  • 30 0 16 hours ago
  • Mais um dia de curso da Universidade Popular dos Movimentos Sociais (UPMS), onde contamos com a presença do incrível Ubirajara Carvalho Toledo, o qual, mesmo sem ter qualquer tipo de formação acadêmica, deu-nos uma aula de história e direito. 
Professor Ubirajara (sim, ele merece o título), muito obrigada por compartilhar conosco um pouco do seu saber tanto prático, quanto teórico. - Sábado - 25/05/2019 - foi realizado o quarto encontro do Curso “Pedagogias do Sul Global”, o qual teve por tema “MOVIMENTOS SOCIAIS, CULTURAS POPULARES, CULTURA DE PERIFERIA E DAS COMUNIDADES TRADICIONAIS”.
#racismo #naoaoracismo #antiracismo #direito
  • Mais um dia de curso da Universidade Popular dos Movimentos Sociais (UPMS), onde contamos com a presença do incrível Ubirajara Carvalho Toledo, o qual, mesmo sem ter qualquer tipo de formação acadêmica, deu-nos uma aula de história e direito.
    Professor Ubirajara (sim, ele merece o título), muito obrigada por compartilhar conosco um pouco do seu saber tanto prático, quanto teórico. - Sábado - 25/05/2019 - foi realizado o quarto encontro do Curso “Pedagogias do Sul Global”, o qual teve por tema “MOVIMENTOS SOCIAIS, CULTURAS POPULARES, CULTURA DE PERIFERIA E DAS COMUNIDADES TRADICIONAIS”.
    #racismo #naoaoracismo #antiracismo #direito
  • 19 3 17 hours ago
  • DIREITO NEWS💭❗️❗️❗️ Justiça havia suspendido desligamento do aluno. Em outubro, Pedro Baleotti gravou vídeo dizendo que 'negraiada vai morrer'

Após uma disputa judicial, a Universidade Presbiteriana Mackenzie em São Paulo decidiu expulsar novamente o estudante Pedro Baleotti, que gravou um vídeo durante as eleições de 2018 dizendo que a “negraiada vai morrer”. Ele virou réu por racismo e foi demitido do escritório de advocacia onde trabalhava.
A assessoria de imprensa do Mackenzie confirmou que, após novo processo administrativo instaurado na Corregedoria, Baleotti foi desligado da instituição em portaria publicada pela Reitoria em abril de 2019. O G1 não localizou a defesa do estudante para comentar o assunto neste sábado (25).
Após o caso ganhar repercussão no ano passado, o Mackenzie já havia decidido expulsar Baleotti. No entanto, o estudante questionou o processo e a Justiça suspendeu o desligamento afirmando que a faculdade não cumpriu as normas para a formação do Conselho Universitário.
Nesta sexta-feira (22), o Coletivo Negro Afromack divulgou uma nota comemorando a decisão. O grupo de estudantes foi responsável por organizar manifestações para pressionar a faculdade a tomar providências.
“Após mais de seis meses de luta, buscando todas as soluções possíveis, finalmente podemos ver o direito à vida ser colocado como uma prioridade, de acordo com o que assegura a Declaração Universal dos Direitos Humanos”, diz o texto.
  • DIREITO NEWS💭❗️❗️❗️ Justiça havia suspendido desligamento do aluno. Em outubro, Pedro Baleotti gravou vídeo dizendo que 'negraiada vai morrer'

    Após uma disputa judicial, a Universidade Presbiteriana Mackenzie em São Paulo decidiu expulsar novamente o estudante Pedro Baleotti, que gravou um vídeo durante as eleições de 2018 dizendo que a “negraiada vai morrer”. Ele virou réu por racismo e foi demitido do escritório de advocacia onde trabalhava.
    A assessoria de imprensa do Mackenzie confirmou que, após novo processo administrativo instaurado na Corregedoria, Baleotti foi desligado da instituição em portaria publicada pela Reitoria em abril de 2019. O G1 não localizou a defesa do estudante para comentar o assunto neste sábado (25).
    Após o caso ganhar repercussão no ano passado, o Mackenzie já havia decidido expulsar Baleotti. No entanto, o estudante questionou o processo e a Justiça suspendeu o desligamento afirmando que a faculdade não cumpriu as normas para a formação do Conselho Universitário.
    Nesta sexta-feira (22), o Coletivo Negro Afromack divulgou uma nota comemorando a decisão. O grupo de estudantes foi responsável por organizar manifestações para pressionar a faculdade a tomar providências.
    “Após mais de seis meses de luta, buscando todas as soluções possíveis, finalmente podemos ver o direito à vida ser colocado como uma prioridade, de acordo com o que assegura a Declaração Universal dos Direitos Humanos”, diz o texto.
  • 11 1 17 hours ago