#trh Instagram Photos & Videos

trh - 51.9k posts

Top Posts

  • 3 meses en hormonas,medicamento y productos del mes .
https://youtu.be/Z4IhmqhEs2E
  • 3 meses en hormonas,medicamento y productos del mes .
    https://youtu.be/Z4IhmqhEs2E
  • 668 48 29 May, 2019
  • ESTRADIOL O PRINCIPAL RESPONSÁVEL PELA INTEGRIDADE DA SAÚDE FEMININA

Volto a esse tema pois diariamente, atendo mulheres que vêm buscar aumento da massa magra em detrimento de massa gorda, preocupadas com o envelhecimento cutâneo, com a queda de cabelos, com osteopenia, etc… 
Muitas  vem em busca de fórmula mágicas, de resultados imediatos e desejando usar inúmeros hormônios. 
Na medicina não existe fórmula mágica e quando temos o diagnóstico preciso, geralmente, prescrevemos poucos medicamentos. 
O principal hormônio na saúde feminina é o Estradiol (E2), quer seja na saúde mental, física ou sexual. 
O Estradiol é o grande responsável pelas massas óssea e muscular, pela síntese de colágeno e integridade dermatológica, pela beleza dos cabelos, pela performance física e cognitiva, pela integridade dos sistemas geniturinário, imunitário, cardiovascular, bem como atua energicamente no metabolismo de carbos, gorduras e proteínas. 
Os níveis de E2 definem a composição corporal feminina, fazendo com que exista um maior depósito de gordura subcutânea superficial na região glúteo-femural e protege contra o acúmulo de gordura abdominal e intra-visceral. 
Esse depósito de gordura na região glúteo-femural, em detrimento do depósito abdominal, protege, fortemente, as mulheres de doenças cardiometabólicas e câncer.
Com o avançar da idade, os níveis de E2 vão caindo e, essa queda é a responsável por uma série de alterações no que se refere a deposição de gordura corporal, gasto energético e apetite. Quando se instala a menopausa e não se faz a correta TRH (terapia de reposição hormonal), a tendência é diminuir a gordura glúteo-femural e aumentar a gordura abdominal, com isso a proteção contra doenças cardiometabólicas e câncer vai desaparecendo. Além disso haverá perda de massa magra, aumento do apetite, diminuição do metabolismo basal e maior ganho de gordura. 
Quem é o grande responsável por isso? O declínio dos níveis de ESTRADIOL. Nos próximos posts estarei abordando mais profundamente esse tema. #saudeinteligente #clinicaminuzzi #saudefeminina #estradiol #curso #saopaulo #trh #ensinandoeaprendendo #sementesdisseminadorasdobem
  • ESTRADIOL O PRINCIPAL RESPONSÁVEL PELA INTEGRIDADE DA SAÚDE FEMININA

    Volto a esse tema pois diariamente, atendo mulheres que vêm buscar aumento da massa magra em detrimento de massa gorda, preocupadas com o envelhecimento cutâneo, com a queda de cabelos, com osteopenia, etc…
    Muitas vem em busca de fórmula mágicas, de resultados imediatos e desejando usar inúmeros hormônios.
    Na medicina não existe fórmula mágica e quando temos o diagnóstico preciso, geralmente, prescrevemos poucos medicamentos.
    O principal hormônio na saúde feminina é o Estradiol (E2), quer seja na saúde mental, física ou sexual.
    O Estradiol é o grande responsável pelas massas óssea e muscular, pela síntese de colágeno e integridade dermatológica, pela beleza dos cabelos, pela performance física e cognitiva, pela integridade dos sistemas geniturinário, imunitário, cardiovascular, bem como atua energicamente no metabolismo de carbos, gorduras e proteínas.
    Os níveis de E2 definem a composição corporal feminina, fazendo com que exista um maior depósito de gordura subcutânea superficial na região glúteo-femural e protege contra o acúmulo de gordura abdominal e intra-visceral.
    Esse depósito de gordura na região glúteo-femural, em detrimento do depósito abdominal, protege, fortemente, as mulheres de doenças cardiometabólicas e câncer.
    Com o avançar da idade, os níveis de E2 vão caindo e, essa queda é a responsável por uma série de alterações no que se refere a deposição de gordura corporal, gasto energético e apetite. Quando se instala a menopausa e não se faz a correta TRH (terapia de reposição hormonal), a tendência é diminuir a gordura glúteo-femural e aumentar a gordura abdominal, com isso a proteção contra doenças cardiometabólicas e câncer vai desaparecendo. Além disso haverá perda de massa magra, aumento do apetite, diminuição do metabolismo basal e maior ganho de gordura.
    Quem é o grande responsável por isso? O declínio dos níveis de ESTRADIOL. Nos próximos posts estarei abordando mais profundamente esse tema. #saudeinteligente #clinicaminuzzi #saudefeminina #estradiol #curso #saopaulo #trh #ensinandoeaprendendo #sementesdisseminadorasdobem
  • 986 102 21 May, 2019
  • Conforme envelhecemos, manter o peso habitual torna-se mais difícil.
. .
Isso acontece com os homens, pela diminuição da produção de testosterona e perda de massa muscular, mas também com as mulheres, que passam a ganhar mais peso na transição para a  menopausa.
.
Os mecanismos do aumento do peso corporal durante a menopausa ainda não estão claramente elucidados. A causa óbvia parece ser a rápida queda nos níveis de estrogênio.
.
Uma propensão maior de ganhar peso em no abdômen, ao invés  dos quadris e coxas (subcutâneo), é comum com a idade.
.
Em estudos com animais, a falta do estrogênio diminui a taxa metabólica basal – a quantidade de energia gasta pelo corpo para sobreviver. É possível que o mesmo aconteça com as mulheres quando os níveis de estrogênio caem após a menopausa. .
.
Algumas evidências sugerem que a terapia de reposição hormonal com estrogênio aumenta a taxa metabólica de repouso da mulher e isso poderia ajudar a diminuir o ganho de peso.
.
Independentemente da questão hormonal, manter uma dieta adequada, com quantidades ótimas de proteína, associado a musculação, são estratégias comportamentais que podem facilitar a manutenção e a perda de peso nessa faixa etária.
.
Comece a se cuidar agora para chegar aos 70 anos na sua melhor forma. Igual a mim nessa foto! 😬
.
.
.
#emagrecimento #obesidade #menopausa #TRH #hormonios #envelhecimento #terapiadereposicaohormonal #exercicio #musculacao #dietacetogenica #dietalowcarb
  • Conforme envelhecemos, manter o peso habitual torna-se mais difícil.
    . .
    Isso acontece com os homens, pela diminuição da produção de testosterona e perda de massa muscular, mas também com as mulheres, que passam a ganhar mais peso na transição para a  menopausa.
    .
    Os mecanismos do aumento do peso corporal durante a menopausa ainda não estão claramente elucidados. A causa óbvia parece ser a rápida queda nos níveis de estrogênio.
    .
    Uma propensão maior de ganhar peso em no abdômen, ao invés dos quadris e coxas (subcutâneo), é comum com a idade.
    .
    Em estudos com animais, a falta do estrogênio diminui a taxa metabólica basal – a quantidade de energia gasta pelo corpo para sobreviver. É possível que o mesmo aconteça com as mulheres quando os níveis de estrogênio caem após a menopausa. .
    .
    Algumas evidências sugerem que a terapia de reposição hormonal com estrogênio aumenta a taxa metabólica de repouso da mulher e isso poderia ajudar a diminuir o ganho de peso.
    .
    Independentemente da questão hormonal, manter uma dieta adequada, com quantidades ótimas de proteína, associado a musculação, são estratégias comportamentais que podem facilitar a manutenção e a perda de peso nessa faixa etária.
    .
    Comece a se cuidar agora para chegar aos 70 anos na sua melhor forma. Igual a mim nessa foto! 😬
    .
    .
    .
    #emagrecimento #obesidade #menopausa #TRH #hormonios #envelhecimento #terapiadereposicaohormonal #exercicio #musculacao #dietacetogenica #dietalowcarb
  • 1,166 48 14 July, 2019

Latest Instagram Posts